Segunda-feira, 9 de Abril de 2012
por José Meireles Graça

"Todos os dias o Sol, o mar e a evaporação se combinam para fazer mais de 170.000 litros de chuva para cada homem, mulher ou criança na Terra."


O homem, apropriadamente com nome de peixe, diz que a água não está a faltar, que a água engarrafada não é melhor que a água na torneira, que o nosso século não será o século das guerras por causa da água, que o consumo por cabeça não está a aumentar e que não é preciso beber muito mais água do que a nossa sede nos impele a ingurgitar.

Isto é um conjunto de não-notícias. Das notícias que vamos ler temos uma amostra na caixa de comentários (230, na altura em que escrevo isto): vai ser uma grande desgraça, ai que são necessários novos regulamentos, os grandes consumidores têm que ser severamente penalizados e, é claro, os preços têm que subir mesmo que os custos não.

Lembrei-me disto por causa da seca extrema em que está o nosso País (a seca no Sara não é extrema, é apenas particularmente teimosa): se isto assim continua, não sei do que estão à espera nas administrações da Águas daqui e dali para equilibrar as contas.

Ah, e não se esqueçam de pôr um tijolo dentro dos autoclismos, a fim de ter um intrigante dilema ecológico: ou descarregam duas vezes ou cheira mal.


tiro de José Meireles Graça
tiro único | comentar | gosto pois!

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds
visitas