Sexta-feira, 24 de Agosto de 2012
por Luís Naves

O Governo faz mal em concessionar a RTP, pois isso equivale a acabar com o serviço público. Como disse? Não venha com essa de que o Tony Carreira não é serviço público!
Aliás, o Governo faz mal em mexer na RTP e na TAP e em todas as empresas estratégicas. E também está errado reduzir o número de fundações, que são todas importantes. O governo não devia privatizar, nem tentar reduzir os organismos de Estado ou fazer a reforma das freguesias, nem sequer tentar reduzir o número de funcionários, muito menos cortar nos subsídios, pois isso é claramente inconstitucional e, como sabe, quase tudo é inconstitucional no nosso País. O governo não devia mexer na educação nem cortar nas despesas de saúde ou mudar a lei das rendas e as regras da segurança social, não devia aumentar o IVA, sobretudo o IVA na restauração, pois o país está cheio de turistas e o imposto reduz os seus almoços e jantares. O governo não devia ter aplicado políticas que fazem cair o consumo, pois travam a compra de automóveis importados. Isso é mau sob qualquer perspectiva.
Não é a única coisa má, aliás. O governo não devia impor portagens nas ex-scuts, nem alterar leis laborais, nem exigir à Madeira que pague as suas dívidas e aperte o cinto. O governo devia fazer como a Madeira: investir em projectos úteis, como marinas e heliportos. Devia ordenar aos bancos que facilitem crédito às pequenas e médias empresas e devia criar novos empregos para os jovens. Hem? Que o Governo não devia, ainda deve? Engraçadinho! E não me venha com essa de que é preciso pagar as políticas de crescimento. Elas pagam-se a si mesmas, gerando ciclos virtuosos, em vez da espiral recessiva a que nos levam estas políticas austeritárias.
É preciso dizer à troika que não pagamos. É preciso mudar. Os ricos que paguem a crise. É preciso acabar com a falácia da austeridade, travar as ditas reformas estruturais, suspender todas estas alterações. O País precisa é de mudança, ou seja, manter o sector público e a despesa pública, manter os serviços públicos, o investimento público e o crescimento público, além do sistema produtivo público. Como já lhe disse, os ricos que paguem.
E o senhor faça o favor de dizer à senhora Merkel (essa loura burra)  que para resolver a crise do euro é preciso introduzir eurobonds que possam ser emitidos em conjunto por Portugal e a Alemanha. Com a garantia dos alemães, teremos financiamento. E não queremos isso da 'regra de ouro', pois obriga a cortar nas despesas do Estado. E não me venha dizer que a Alemanha não aceitará jamais eurobonds com países que não cumprem a 'regra de ouro'. Eles podem ter o livro de cheques na mão, mas não são mais espertos do que nós. A Alemanha ainda vai implorar: "Por favor, não saiam do euro!"

tags: ,

tiro de Luís Naves
tiro único | comentar | gosto pois!

6 comentários:
De André a 24 de Agosto de 2012 às 12:37
Foi um bocado ao lado, esta. A questão não é essa. Obviamente que a RTP tem de ser privatizada e rapidamente. A concessão da gestão, pelo contrário é bluff. Basta ver quem a anunciou: um consultor do governo, que não sofre qualquer consequência ao ser desmentido uns dias depois. Essa opção seria desastrosa para o Estado e para os concorrentes privados da RTP, que veriam os seus investidores passarem em debandada para a concessionária.

A isto se chama uma manobra maquiavélica: na semana que vem, ou ainda na próxima edição do Expresso, o governo desmente Borges e voltamos a discutir a privatização. Mas sempre com esta terrível possibilidade na cabeça dos detractores, o que suavizará os ânimos em relação à privatização completa.
Tal estratégia já foi aplicada no sector dos transportes, com um grupo de trabalho designado pelo governo propondo medidas tremendas, de um desbaste impressionante nos serviços, preparando dessa forma uma aceitação menos contestatária do que aí vinha. E resultou. A isto, na minha opinião, se chama habilidade política.


De Desconhecido Alfacinha a 24 de Agosto de 2012 às 15:56
Carissimo,

Escorre a ironia... Muito bom!
:-P

Bom fds,


De Carlos Faria a 24 de Agosto de 2012 às 16:45
Brilhante artigo e espero que o André esteja completamente certo na sua previsão


De Floriano Mongo a 24 de Agosto de 2012 às 16:47
Brilhante radiografia de um esquerdopata. :)


De Guilherme a 24 de Agosto de 2012 às 18:07
Excelente post, bela compilaçao de argumentos. Assim resumido ainda faz tudo mais sentido!


De Pedro Correia a 24 de Agosto de 2012 às 18:47
Muito bem.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds