Terça-feira, 28 de Agosto de 2012
por Carlos Faria

O PS assinou o protocolo com a troika e o PSD cumpre o que os socialistas prescreveram para o futuro de Portugal.

Alguém cumprir regras de austeridade com rigor sempre causou incómodo deste PS por não ser capaz de tal feito.

Portugal sempre foi criticado pelos gastos excessivos dos Governos e pela primeira vez em muitos anos o País reduziu significativamente nas despesas.

Os portugueses eram criticados por viverem acima das suas possibilidades e no último ano, apesar da crise e dos impostos, conseguiram e passaram a poupar mas dos que nos anos anteriores.

Dizia-se que o Governo de Portugal para equilibrar as contas públicas tinha de reduzir nas despesas e não aumentar nas receitas e quando a dívida aumenta por as receitas diminuirem mais que os esperado, mesmo tendo em conta a timidez dos bancos e a poupança dos cidadãos não estimular o consumo, critica-se a diminuição da arrecadação dos impostos.

Portugal era o segundo País do mundo há um ano com maior risco de bancarrota logo a seguir à Grécia, agora está em sétimo lugar em termos de perigo.

Os juros da dívida de Portugal estiveram sempre a subir até ao início deste ano e a partir de então com as contínuas avaliações positivas da troika, os juros começaram timidamente no início a descer e depois consistentemente a baixar de forma cada vez mais significativa.

Alguém ainda duvida por que têm o PS e o BE tanto medo das avaliações positivas da troika?


tiro de Carlos Faria
tiro único | comentar | gosto pois!

4 comentários:
De Marão a 28 de Agosto de 2012 às 10:26
Com uma solução justa como esta para tapar o buraco o PS iria desertar? A troika sugerir uma redução de juros com efeitos retroactivos de que resulte um valor da ordem dos 3 mil milhões a reembolsar .


De Pedro a 1 de Setembro de 2012 às 22:52
Digam isso aos quase 1 milhão de desempregados que estas medidas trouxeram... E sejam sinceros, afinal muitas das medidas que este governo tomou, como o roubo de 50% do subsidio de Natal o ano passado, ou dos subsídios este ano, nao estavam no acordo com a Troika... Foram obra deste governo e que levou ao afundar ainda mais da economia.

A Troika avalia positivamente? Porra, eles estão a avaliar medidas deles próprios... Estavam à espera que viessem avaliar negativamente um programa que eles próprios propuseram?

Uma coisa sabemos, supostamente estas medidasbdeveriam reduzir o deficit para os 4,5%, mas estamos quase no final do ano e nofim do 3' trimestre o deficit é de quase 7%... Se isto merece avaliação positiva, até tenho medo do estado em que estaremos quando avaliarem negativamente...


De Marão a 2 de Setembro de 2012 às 10:51
Deduz então que o governo anterior não é tido nem achado para a situação miserável que o País vive? Se voltarem de novo que descubram mesmo outros caminhos e que ao menos tenham aprendido a cumprir o deficit que tanto valorizam agora.


De Carlos Faria a 2 de Setembro de 2012 às 11:26
Sobre o deficit espere para ver como o governo resolve até ao final do ano.
A estratégia da esquerda tem sido sempre desacreditar o resultado final, tendo em conta as dores do tratamento no caminho para a cura ou empolando as incertezas.



comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds