Quarta-feira, 12 de Setembro de 2012
por Fernando Moreira de Sá

 

Em Janeiro, aqui no Forte Apache, escrevi que Menezes seria o candidato natural ao Porto. Dependia, sobretudo, da sua vontade. O único problema para o PSD Porto seria se o seu prolongado silêncio tivesse no final uma resposta negativa. Não teve. Hoje, na SIC, Menezes afirmou-se como candidato contando com o apoio do Presidente da Concelhia do Porto (Ricardo Almeida), do Secretário-geral (Matos Rosa) e do líder do partido (Pedro Passos Coelho). 

 

A força de Luís Filipe Menezes é ser um candidato que está para além do seu próprio partido. A revolução que fez em Vila Nova de Gaia e a forma como sempre procurou, através de Gaia, mostrar que o Porto podia e devia ser o motor da AMP, fazem de Menezes um candidato da esperança. A esperança de um Porto mais forte, renovado culturalmente, cosmopolita, próximo das pessoas e cujo papel da câmara é a promoção da qualidade de vida dos seus habitantes sem descurar o seu papel positivamente aglutinador de toda a Área Metropolitana do Porto e sem estar de costas para as suas instituições públicas e privadas.

 

É um Porto diferente que se pretende. É o Porto com gente que o compreende e ama. Faz toda a diferença. Falta pouco mais de um ano para a esperança renascer.


tiro de Fernando Moreira de Sá
tiro único | comentar | gosto pois!

3 comentários:
De makarana a 13 de Setembro de 2012 às 02:09
ou então, se calhar , é o aproximar dum periodo em que o dito cujo importará o pior que há em gaia em termos financeiros.Não é despiciendo o facto de gaia ser a autarquia mais endividada do pais.Não sou ai da zona, mas se fosse a si nao ficaria tão em alegria


De hcl a 13 de Setembro de 2012 às 09:20
Luís Filipe Menezes é o espelho de Sócrates no PSD.
Um enorme atracão pelo poder.
Um ego do tamanho da lua.

Pode ganhar eleições? Sim, sem dúvida, em qq partido. No fundo o partido é um instrumento de Menezes e ele podia, sem qq escrúpulo, concorrer por PS e/ou CDS.

Como é que fica o Porto depois de Menezes?
Muito endividado.





De Chico Fininho a 13 de Setembro de 2012 às 23:15
E, obviamente, o marido da Fernanda Miranda vai ser o primeiro subscritor da candidatura! Vai pagar as dívidas de quem? Hum!.... Todos esperamos que os verdadeiros portuenses percebam o que convém para o concelho... e não são festejos na Câmara. O dinheiro dosm portugueses não é para esbanjar, muito menos para dar.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds