Quarta-feira, 17 de Abril de 2013
por Judite França

Aqui está um problema de produtividade: Seguro passa 90 minutos com Passos Coelho e mais de 1 hora com os elementos da troika; e mesmo assim destas reuniões não saiu nada, segundo o próprio.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!

Sábado, 6 de Abril de 2013
por Judite França

Os juízes do Tribunal Constitucional podem reformar-se aos 40 anos, apenas com 10 anos de serviço. Isto viola qualquer coisa, não?



tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!

Domingo, 10 de Março de 2013
por Judite França


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!

Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2013
por Judite França

A ideia de que uma barba fica bem a qualquer homem caucasiano é errada (isto não é passível de discussão). E a moda da barba veio para ficar: de repente, até os menos insuspeitos decidiram mudar de visual. Porquê, pergunto eu... porquê?

tags:

tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (3) | gosto pois!

Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2013
por Judite França

Mais de um ano e meio depois do Governo tomar posse, Santos Pereira e Vítor Gaspar divergem publicamente (ainda não frontalmente), algo muito comum entre os ministros da economia e das finanças noutros Executivos - e faz sentido que assim seja: um quer gastar, o outro poupar (tarefa árdua teve Pina Moura, claro).

Só que entre Álvaro e Gaspar o tempo foi sempre ameno: logo no início houve ali um diz-que-disse, mas passou rápido.

E agora, finalmente, estamos perante uma potencial «cat fight» (não no sentido literal...). O período de transição até aos 12 dias de indemnização vai ser um «prato cheio», com o ministro da Economia - depois de ultrapassado por Gaspar - a insistir na recta: quem ganha o despique?

«Não passa na cabeça de ninguém pôr em causa o acordo social»


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013
por Judite França

Hearst Corp., publisher of Cosmopolitan, Elle and Road & Track among other titles, now has 800,000 paying digital subscribers, according to President David Carey.

 

Se este for o caminho, há esperança:

 

O presidente da Hearst Corp garante ter 800 mil assinantes digitais (assinaturas pagas) entre aplicações para iPads, Kindle, Android, Nooks.
Mais: 80% desses assinantes são novos no grupo Hearst e o número único de visitantes aos sites da Hearst cresceram 30% em 2012 (impressionante). Conde Nast, uma das maiores rivais da Hearst, tem 500 mil assinantes e 1,5 milhões de clientes que optam por uma combinação digital/impressa. O «The New York Times» tem 592 mil assinantes digitais em outubro de 2012.

 

Os números nunca serão comparáveis com Portugal. Mas o movimento/comportamento dos leitores é: claro que estamos atrasados uns anos.

Aquilo que acontece lá nos media - e no campo do digital isso é notório - acontece cá com um «delay» de vários anos (mas a distância têm sido encurtada).

Portanto, há esperança, enquanto por cá os números de vendas de jornais caem em quase todos os generalistas («Correio da Manhã» é exceção).

 

 


PS: eu não faço resoluções de ano novo. Houve um autor na faculdade que acabou de vez com festejos entusiásticos em relação a passagens de ano, datas redondas ou capicuas, eliminando simbolismo ou superstição. Só não dispenso o champanhe. Mas isso é porque gosto... bom, voltando às resoluções - não as faço, não penso em mudar nada porque vira o calendário. Mas vou quebrar essa regra: esforçar-me-ei para escrever com regularidade no Forte. Tenho sido um cowboy fraquíssimo e, aos companheiros de figas e pistolas, as minhas desculpas. Mas foi a única resolução que me passou pela cabeça ao primeiro dia de janeiro, e espero cumprir.

 

 


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2012
por Judite França

Sou uma companheira de forte que deixa muito a desejar: passo temporadas ausente e não escrevo tanto como devia. Bem sei. Mas sei que estou no sítio certo quando leio este blogue sobre as declarações de Isabel Jonet e, em vez da fogueira onde se queimam as bruxas, há comentários sensatos e compreensivos em relação a um momento televisivo infeliz, mas que não destrói o trabalho à frente do Banco Alimentar Contra a Fome.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (5) | gosto pois! (1)

Quarta-feira, 31 de Outubro de 2012
por Judite França

Depois disto, será que a malta «europeia» já percebe o que se passa agora em Portugal?


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Sábado, 27 de Outubro de 2012
por Judite França

O Rodrigo acredita que este é o momento para remodelação, e acredita nas virtudes dessa operação ministerial, que deve ser funda e não apenas de «cosméstica». Estou na dúvida: esta micro-mudança de secretários de Estado não configura rímel sequer, não, Rodrigo?




tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2012
por Judite França

 

Ornatos Violeta, ontem, no Coliseu de Lisboa, foi tudo o que os fãs podiam esperar. E muito mais.

 

 

 O CM escreveu na edição de hoje que foi uma «eucarista do rock»; de facto, a unanimidade dos fiéis que se juntaram para ouvir uma banda que acabou há mais de dez anos vai para além da geração que ainda cresceu com o Manel dos Ornatos e sempre ficou com um 'sabe-me a pouco', apenas com dois álbuns gravados e pouca hipótese de os ver ao vivo. Muitos nesse rebanho começaram a ouvir a banda já ela tinha acabado.

 

Mais de dez anos de interregno ajudam a agigantar a banda. Mas não é só isso. Eles entregaram a alma ali em palco, sem artifícios, como a Rita Leça, neste texto, descreve com exatidão. (as fotos, como a usada neste post, são do Nuno Miguel Silva)

 

Para mim, o gosto de ouvir Ornatos, um rock com sotaque do Porto - com aquela garra que tantas bandas nascidas na Invicta mostraram à partida, e que esta ainda conserva quando se junta em palco -, é um bâlsamo nos dias que correm.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Sábado, 6 de Outubro de 2012
por Judite França

Ainda Borges. Desculpem o atraso, mas o post, no word, tinha sido dado como perdido. Até que foi resgatado: este, com sucesso. É mais forte do que eu: se tudo diz mal do Borges, eu penso duas vezes. Afinal, quando tudo se junta para "jogar" pedra na Geni, eu não mando. Nem pontapeio quem já foi ao tapete, por si próprio aliás: Borges parece os jogadores que tropeçam no pé esquerdo; não precisa sequer de ajuda. Mas tem sempre uma mãozinha da comunicação social e da opinião pública que, consigo, é inclemente. A questão é que Borges é livre. Totalmente livre. E isso atrapalha qualquer Governo. O problema é do Governo, não de Borges.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!

Segunda-feira, 1 de Outubro de 2012
por Judite França

Quando um amigo desesperançado encarar um qualquer acontecimento como algo perene e imutável, eu falo-lhe nisto. PCP e BE acertam estratégia conjunta de combate ao Governo In http://www.tvi24.iol.pt/aa---videos---politica/francisco-louca-jeronimo-de-sousa-louca-jeronimo-videos-tvi24/1379326-5796.html


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!

Quarta-feira, 26 de Setembro de 2012
por Judite França

Huffington Post diz «ciao» a Itália. Antes do final do ano, será inaugurada a versão alemã. Continua a faltar Portugal...


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Segunda-feira, 3 de Setembro de 2012
por Judite França

As declarações de Paulo Portas ao «Expresso» fazem lembrar as de um casal disposto a dar mais uma oportunidade à relação. Vai uma renovação de votos para firmar a união? Ou é preciso uma ida a um conselheiro matrimonial antes que a votação do Orçamento dê em divórcio?

 


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

por Judite França

1. O défice de 6,9% da UTAO não serve para discutir a derrapagem orçamental (são dados do primeiro semestre, que não levam em linha de conta, por exemplo, a poupança com subsídio de natal que funcionários públicos e pensionistas não vão receber). O valor estará próximo dos 6%; resta saber o que precisará o Governo de fazer para chegar aos «aliviados» 5,3%.

 

2. Ouvir a CGTP pedir à troika para revogar o código de Trabalho obriga-me a dizer duas coisas: ou Arménio Carlos está a ser irónico, ou não sabe que em Portugal a troika ainda não aprova ou revoga leis nacionais.

3. PS e PSD deveriam repetir as respetivas rentrées depois do dia 10 de setembro. Antes disso, os discursos do PM e líder de oposição têm necessariamente pouco interesse.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!

Segunda-feira, 27 de Agosto de 2012
por Judite França

Os republicanos deveriam olhar para o Isaac como um sinal - um mau sinal, claro, com os motivos óbvios à cabeça, seguidos pelo facto de a tempestade ter já levado ao adiamento do primeiro dia de trabalhos -  ou como uma possibilidade de ouro de organizar uma convenção mais pequena, mais fácil de controlar, em que os olhos dos media estarão concentrados, sobretudo, na cobertura da tempestade e não em eventuais disparates que podem sair de elementos do Partido Republicano como o candidato ao Senado, Todd Akin?

tags:

tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2012
por Judite França


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

Segunda-feira, 6 de Agosto de 2012
por Judite França

É o meu novo vício. Ao fim de dois episódios apenas, as personagens têm densidade, são suficientemente complexas e completas para as querer acompanhar (hoje sai o 7.º episódio nos EUA).

Os diálogos são geniais, ou não fossem de Aron Sorkin («Homens do Presidente», «Studio 60 on the Sunset Strip»), e os atores entram na perfeição no papel. Os mais jovens, e menos conhecidos, provam que são uma excelente aposta.

 


E, claro, apesar de tudo - e o tudo quer dizer muita coisa sobre o jornalismo,    a política, as audiências, a diferença entre EUA e Portugal, o estado do cabo lá e cá, etc, etc -, o tema interessa-me, particularmente.


Claro que há outras séries imperdíveis, mas este é o vício mais recente. Ciclicamente há séries que me deixam agarrada ao ecrã. Já estava a precisar de uma.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (7) | gosto pois!

Quinta-feira, 2 de Agosto de 2012
por Judite França


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (11) | gosto pois!

Segunda-feira, 9 de Julho de 2012
por Judite França

Lamentavelmente andei por aí sem poder vir aqui: e isso faz com que vá acumulando tudo na ponta dos dedos. E de tudo o que tenho acumulado, dedico esta fuga ao quotidiano a D. Januário Torgal Ferreira.

Não a propósito do que disse sobre a paciência dos portugueses - autênticos insultos -, nem sobre a reforma de 4400 euros - que tornam os insultos mais pérfidos. Dedico-me antes ao espanto de quem ouviu os impropérios, o que demonstra uma falta de atenção grave, e à habitual ausência de reacção por parte da comunidade católica portuguesa, que foge de uma polémica como o diabo da cruz.

Quem se espantou com estas declarações esquece que o bispo das Forças Armadas já disse coisas piores. Como quando aludiu à legítima defesa, garantindo que não daria a absolvição a quem, em batalha, matasse sem a garantia de que o fazia apenas em perigo de vida.

Sendo o capelão das Forças Armadas, D. Januário deveria saber várias coisas: uma é que, em plena guerra, a fronteira de legítima defesa é fina e frágil como a dúvida de quem teme pela vida. E, perante o perigo constante, é difícil de perceber se o impulso movido pelo sentimento mais aterrorizador de quem se confronta com a morte todos os dias pode ser exagerado, levando a que a arma dispare cedo demais. O medo é que seja tarde demais.

Depois disto, «bocas» sobre a paciência dos portugueses são graves. Mas mais grave é saber que a igreja perante isto nada faz. Não se espantem com o resultado que está à vista: não há rebanho que aguente.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (3) | gosto pois!

Quinta-feira, 24 de Maio de 2012
por Judite França

Isto explica com simplicidade o não da Alemanha.


O problema é que a pergunta de Berlim não deveria ser «por que raio preciso eu de pagar mais... »


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (10) | gosto pois!

Terça-feira, 22 de Maio de 2012
por Judite França

O líder do Syriza, Alexis Tsipras, veio avisar que não negoceia com o inferno, mas o inferno já mandou dizer que negoceia com qualquer partido eleito na Grécia. Mesmo que seja contra o programa de assistência.

 

Ou seja, o devedor falido recusa-se a negociar com o «inferno». O credor, o tipo que emprestou o guito e que tem os salários dos funcionários públicos gregos nas mãos [desde polícias a enfermeiros], está disposto a sentar-se às mesas das negociações, mesmo se o governo eleito quiser rasgar de alto a baixo o contrato assinado.

Parece que alguma coisa está do avesso. Deve ser o mundo.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!

Quinta-feira, 17 de Maio de 2012
por Judite França

More JP Morgan losses... 

tags:

tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (3) | gosto pois!

Quarta-feira, 16 de Maio de 2012
por Judite França

Uma coisa é a regra Volker. Outra coisa é bom senso. E outra coisa ainda é que ninguém possa dizer de novo «oops, I did it again».

 


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Quarta-feira, 9 de Maio de 2012
por Judite França

... mas omito.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!

Sexta-feira, 4 de Maio de 2012
por Judite França

Lá está: a fome que dá em fartura - e dois posts de seguida (prometo longo jejum para não vos andar sempre a incomodar).

 

A alface e o Observatório dos legumes já me tinha irritado pela manhã; coisa atenuada pelos Sinais do Fernando Alves - que irritado com a câmara do Porto libertou alguma da minha irritação - e com os cromos do Markl (quando não conheço alguma coisa que o Markl leva à antena da Rádio Comercial sinto-me um pouco mais nova). E quando tudo estaria a melhorar, eis senão quando Durão Barroso analisa o comportamento dos portugueses, qual sessão de psicanálise no divã.

Ao estilo snob de quem mora lá fora, em locais mais arejados do que este cantinho, Durão Barroso discorreu sobre o facto de seremos «discretos, modestos» e com «pouca auto-estima». Também somos «individualistas». Não querendo, com certeza, que, com esta análise, os portugueses ficassem também «deprimidos», o presidente da CE lembrou-nos que somos melhores nos grandes desafios do que nos pequenos. E pronto: como agora estamos perante um «grande desafio», está tudo bem.

A não ser que haja uma carreira académica paralela, e desconhecida de Barroso, que meta aulas de psicologia, psicanálise, psiquiatria comportamental ou cognitiva, pergunto-me se, em vez de pedir para sermos como Mourinho ou Ronaldo, repletos de auto-estima, mais valia que o ter falado só sobre a diáspora, porque é esse o tema da conferência da Cotec. E poupava-nos ao resto que, com tudo o temos passado, bem merecemos.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | gosto pois!

por Judite França

Não há fome que não dê fartura, diz o povo. E tem razão: passo semanas sem escrever uma linha no Forte (e é só por minha culpa, minha tão grande culpa) e hoje os astros alinham-se para que eu tenha mais temas do que mãos para escrever...

 

Logo de manhã, apercebo-me que um Observatório dos Mercados Agrícolas (hã?????) já tinha topado as grandes distribuidoras. Por exemplo, 80% do preço final da alface fica na distribuição. 80%. E quando é o Observatório dos Mercados Agrícolas descobriu isto? Não interessa nada. Porque tudo se desenrola depois do episódio Pingo Doce.

Até lá, as margens de lucro da cenoura ou da pêra eram problemas de somenos importância com certeza. Mas agora, com o 1.º de Maio transformado em dia do consumidor desvairado, vamos lá falar das margens esmagadas dos produtores, sobretudo os agrícolas, que não têm armas para negociar verdadeiramente contra as grandes distribuidoras.

De cada vez que os hipermercados falam da produção nacional, e do clube dos produtores, e outras coisas que tais, basta passar pela zona da fruta e ver que os limões - sim, até os limões - podem bem ter vindo de muito longe.

O país acordou para o drama dos agricultores com anos de atraso e precisou do frenesi do 1.º de Maio para perceber que, se calhar, já se pensava em fazer alguma coisa a sério para resolver o problema. E não é preciso pensar muito: basta copiar o exemplo de alguns países europeus, que obrigam a que os hipermercados comprem alguns dos seus produtos localmente.

Simples, não? Se assim for, não será preciso negociar até à insanidade - são os produtores que ficam loucos de raiva, claro - com as distribuidoras, que acenam com as maçãs da América do Sul.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Quinta-feira, 19 de Abril de 2012
por Judite França

... compensa!

Rodrigo, esse vídeo é lindo, e a propósito dele - e de uma mãe que, durante anos, levou e foi buscar um miúdo à ginástica -, deixo-vos este vídeo.

Este exercício levou o trio feminino às finais do Campeonato do Mundo em Orlando, EUA. Ontem, foram as finais, com outra rotina que ainda não está online. Ficaram em sexto, um lugar histórico para a ginástica acrobática nacional. O miúdo que começou muito cedo a fazer ginástica 4 horas por dia é o treinador deste trio, do Acro Clube da Maia. E eu sou uma irmã babada.


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (3) | gosto pois!

Quarta-feira, 11 de Abril de 2012
por Judite França

«Cortar Despesas» foi criado pelo PSD, em tempo de campanha, para recolher sugestões. Depois foi esquecido e um alemão decidiu comprar o domínio: agora o cortardespesas.com é um blogue em alemão. Irónico, não?


tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Terça-feira, 3 de Abril de 2012
por Judite França

Em vez dos palavrões. «Tear you Apart»

tags:

tiro de Judite França
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!


Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds