Domingo, 13 de Novembro de 2011
por Ricardo Vicente

Berlusconi foi eleito pelos italianos. Eleito. E por mais do que uma vez. Há uma grande, grande onda de hipocrisia a perpassar toda a Itália nestas horas em que se celebra a saída de Berlusconi. Li no Facebook que Berlusconi era um jogador. Pois era e é mas está muito longe de ser o maior gambler ou o que mais determina, neste momento, o destino da União Europeia.

 

Esta onda anti-Berlusconi que se estende e se faz celebrar em tantos outros países da Europa lembra-me o quanto os europeus adoram odiar os políticos americanos [em especial os da direita (?)] ao mesmo tempo que poupam e protegem olimpicamente os líderes em que eles próprios votam e que elegem.

 

Neste momento, os big gamblers da Europa não são nem Berlusconi, nem os mercados, nem o Obama, nem os chineses (que já começam a ser uma espécie de novos judeus: não há dia em que não oiça um europeu criticá-los). Os verdadeiros big gamblers da Europa são Sarkozy e Merkel.

 

Soluções verdadeiras para a crise têm sido e continuarão a ser adiadas até depois das eleições na França e na Alemanha tudo porque aqueles dois têm medo de que, se implementarem agora as medidas necessárias para travar a crise, não consigam ser reeleitos.

 

Mas okay, em vez de se falar em Sarkozy e Merkel (e, já agora, Putin/Medvedev e Medvedev/Putin), embora lá continuar a dizer que o Berluconi era um jogador e que o povo italiano nunca teve nada a ver com o assunto Berlusconi.

 

P.S.: A propósito do tópico italiano, ler e compreender este excelente post do melhor blogger português (que, por acaso, não escreve em nenhum blog mas sim em papel).

Berlusconi was elected by Italians. ELECTED. More than one time. There's a big, big hipocrisy going on in Italy these days. As for gambling, Berlusconi is far from being the one who gambles the most. This Berlusconi thing reminds me how Europeans love to hate American leaders while sparing the leaders they themselves (Europeans) vote for and elect. At present, the big gamblers in Europe are Sarkozy and Merkel. True solutions to the crisis are being postponed until after the elections in France and Germany because those two are afraid that, in case they implement the necessary measures, they won't be reelected. But okay, instead of talking about Sarkozy and Merkel let's keep saying that (1) Berlusconi is a gambler and (2) Italian people itself has nothing to do with him.


tiro de Ricardo Vicente
tiro único | gosto pois!

De grazgraz a 13 de Novembro de 2011 às 15:49
hipocrisia a perpassar a Itàlia? Por favor! Nao escreva bobagens! As opinioes tem de ser baseadas em factos, nao em impressoes. No seu caso, o sr., tao empenhado em aparecer "analista", nao chegou a perceber que nòs italianos festejàmos simplesmente porque quem levou o nosso paìs à beira da catàstrofe finalmente saiu, e porque se ele ficasse mais uns dias no governo as consequencias na Itàlia, na Europa e no mundo jà se sabe quais teriam sido. Mas festejàmos também pelo alegado fim da poluiçao moral berlusconiana nas instituiçoes, que nas ùltimas duas décadas envenenou o debate polìtico e social no nosso Paìs, tornando-o um lugar sem esperanças donde fugir quanto antes. E depois (os factos, nao as opinioes), lembre-se que nas ùltimas eleiçoes Berlusconi nao foi votado por 60 milhoes de italianos, mas por 13,5 milhoes. Portanto ficam 46,5 milhoes a festejarem.


De Ricardo Vicente a 21 de Novembro de 2011 às 18:57
Celebrar a saída de Berlusconi como se este, de todas as vezes que ganhou eleições, o tivesse conseguido por causas naturais (talvez relacionadas com o clima e com os vulcões) e não com uma decisão - o voto - das pessoas é hipocrisia. Quanto a percentagens, veja os valores acima num dos comentários anteriores.


De grazgraz a 21 de Novembro de 2011 às 22:56
Se calhar, mas isto deve ser difìcil de compreender para alguém, quem celebrou nao foi quem votou. Isto é, quase trinta milhoes de pessoas. Dà para fazer uma grande festa, nao é?
Quanto às percentagens, veja os valores acima num dos comentários a um comentàrio anterior.
Aliàs: http://it.wikipedia.org/wiki/Elezioni_politiche_italiane_del_2006


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds