Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011
por João Gomes de Almeida

 

"Jürgen Kröger, representante da Comissão Europeia na troika, afirmou hoje em jeito de suposto elogio: «Portugal não é a Grécia: há estabilidade e as pessoas são boas». Percebemos a mensagem: as pessoas más (e os países maus) manifestam-se, as pessoas boas (e os países bons) deixam-se espoliar."

O magnífico Miguel Cardina, "historiador" especialista em coisas.

 

Bem, se o Miguel Cardina acha que manifestações, desordem popular, porrada nos polícias, carros a arder e anarquistas a discursarem em cima camiões é o que Portugal precisa para melhorar a sua imagem externa e conseguir sair da crise, então estou feliz por os portugueses terem eleito um governo PSD-CDS. Cada voto na esquerda é um voto na estratégia de política externa de Miguel Cardina e infelizmente não vejo o PS a descolar-se deste discurso.


tiro de João Gomes de Almeida
tiro único | comentar | gosto pois!

1 comentário:
De Pedro a 18 de Novembro de 2011 às 10:29
João Gomes de Almeida, se percebesse alguma coisa do que se passa na Grécia não diria isso. A violência lá é provocada por grupos específicos de radicais anarquistas, uma pequena minoria, não só de gregos mas de anarquistas que vão de toda a Europa, sobretudo da Itália, o black block. O Partido Comunista Grego tudo faz nas manifestações para impôr ordem e disciplinar, fazendo mesmo cordões de segurança em frente ao parlamento e outros edifícios públicos, e entra em confronto frequente com os grupos violentos. Não se podem ver.

Quanto ao resto, um povo tem o direito de se manifestas, de protestar. Há muita gente a passar fome na Grécia, que se sente enganada, são pessoas como nós, pacíficas, que querem alimentar e educar os filhos com dignidade. E é óbvio que se manifestam, fazem pelo menos muito barulho. Nós, não. Comemos o que nos dão e dizemos obrigado. Já dizia um representante dos patrões que gostamos de comer e calar e que somos mansos. Nem ele, imagine, percebe.
Um alto responsável da Comissão Europeia não pode dizer uma coisa destas. Ponto final. É insultuoso, tanto para os portugueses como, sobretudo, para os gregos. Os gregos não são boas pessoas? Isto parece dito por um miúdo. Diga-me o João, como é que acha que ele deve ser recebido na Grécia? Com o chapéu na mão, cabeça baixa e um ramo de flores?


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds