Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011
por Ricardo Vicente

Não é para os próximos tempos, é para depois dos próximos. Fixem estas palavras: "armadilha de liquidez". É disto que jornalistas, blogadores, analistas, comentadores, opinadores, spinadores e políticos andarão a escrever e a falar dia e noite a seguir aos tempos mais próximos. Será mais uma daquelas expressões que, subitamente, passam da ciência sombria para o parlapiê popular (e que deveriam pagar imposto).

 

Nos próximos tempos (dentro de meses e até dois anos): o Banco Central Europeu começará a injectar mais e mais dinheiro com o objectivo de contrariar os sintomas de crise e de reduzir o valor real das dívidas públicas. Esta tendência aumentará à medida que nos aproximarmos das eleições na França e na Alemanha. (A disponibilidade de Merkel para o argumento de Sarkozy de que a independência do banco central é totalmente overrated só pode aumentar à medida que as sondagens da chancelerina teutónica se afundarem).

 

Nos tempos depois dos próximos (lá para depois daquelas duas eleições): o Banco Central Europeu, os políticos e os opinadores vão descobrir a metáfora "empurrar um fio".


tiro de Ricardo Vicente
tiro único | comentar | gosto pois!

9 comentários:
De l.rodrigues a 25 de Novembro de 2011 às 10:00
Há 3 anos que ouço falar de armadilha de liquidez. Mas também é natural, sendo leitor assíduo de Paul Krugman.
Que por sinal, segundo um estudo de uma universidade que analisou a opinião publicada nos EUA nos ultimos anos, é o "pundit" que mais acerta.


De Ricardo Vicente a 25 de Novembro de 2011 às 10:20
;) Já calculava que o l.rodrigues fosse o primeiro a comentar esta posta. E onde está o linque do dito estudo? Adoro pundit!


De l.rodrigues a 25 de Novembro de 2011 às 11:39
Aqui:

http://www.hamilton.edu/news/polls/pundit


De Ricardo Vicente a 25 de Novembro de 2011 às 14:36
Obrigado!


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds