Sábado, 26 de Novembro de 2011
por Francisca Prieto

 

O novo filme do Almodóvar é estranho. Muito estranho.

Todos os filmes de Almodóvar são estranhos, mas este ultrapassa uma fronteira inédita. Porque este filme podia não ser de Almodóvar.

Com uma direcção exímia, uma história poderosa e vários episódios chocantes, o filme podia ter sido realizado por qualquer bom realizador, que não Almodóvar.

 

Faltam-lhe dois ingredientes primordiais para poder fazer parte da cinematografia almodóvariana: meia dúzia de pontos altos de humor prosaico e uns quantos pormenores kitsch, seja no décor, seja no guarda-fato, seja nos diálogos.

Se retirarmos à fita uma cena perfeitamente secundária em que há um pequeno mal-entendido entre medicação psiquiátrica e pastilhas da night e outro episódio em que aparece um homem mascarado de tigre, sobra apenas uma realização de mestre. Mas não necessariamente de Almodóvar.

 

Tendo assistido a um grande filme, fiquei profundamente desiludida. Apetecia-me mais salero.

tags:

tiro de Francisca Prieto
tiro único | comentar | gosto pois!

5 comentários:
De Ricardo Vicente a 26 de Novembro de 2011 às 21:04
O Almodóvar é prisioneiro de si mesmo e só agora é que começa a descobrir isso. O tigre e o sonho de uma noite de verão tiveram de ser metidos a martelo como uma espécie de seguro de vida (para os aficionados mais ferrenhos depois não se queixarem que o filme tinha pouca assinatura).

Esperava mais ficção científica: Almodóvar hesita e acabou por deixar cair quase completamente essa faceta do filme.

E depois, é isso mesmo: um filme um bocado esquisito, entre Almodóvar puro e duro e uma ficção científica que não chega bem a sê-lo.


De jfd a 26 de Novembro de 2011 às 21:42
Entendo-a perfeitamente... Realemente faltou o sal a pimenta e mais que tudo, a malagueta;P


De Ana Matos Pires a 27 de Novembro de 2011 às 00:15
Não existe "medicação psicoterapêutica", diz-se psicofármacos ou medicação psiquiátrica, a psicoterapia é sempre uma abordagem terapêutica não farmacológica.


De Francisca Prieto a 27 de Novembro de 2011 às 13:31
Tem toda a razão, Ana. Nabice minha.
Vou emendar.

Obrigada por ter chamado a atenção.

Um beijinho
Francisca


De Ana Matos Pires a 27 de Novembro de 2011 às 16:04
Ora, de nada, esta coisa dos blogs tb é isto.
Outro,
ana


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds