Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011
por Vasco Campilho

 

Luciana Salazar

 

...quanto mais não seja ao activista falho de argumentos, vá, substanciais. Chama-se a este desporto "assalazarar o debate". O modus operandi é simples: quando o governante faz ou diz algo vagamente reminiscente de algo que fez ou disse Salazar, "é um novo Salazar, voltámos ao fascismo". Sem espinhas. Mas se o governante faz ou diz algo que não tem qualquer ligação com Salazar, como é? Fácil: "nem Salazar se lembrou disso"! E assim se consegue assalazarar toda e qualquer discussão. O expediente é engenhoso, não há dúvida. Mas resposta à altura só há uma: Salazares há muitas, ó...


tiro de Vasco Campilho
tiro único | comentar | gosto pois!

2 comentários:
De DiogoMelo a 21 de Dezembro de 2011 às 09:23
Há uns tempos, dizia alguém à saída de um autocarro da Carris:

"Nem com quinhentos salazares isto lá ia!"


De Diogo Melo a 21 de Dezembro de 2011 às 09:25
Já quanto às Salazares, prefiro-as menos retocadas :)


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds