Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011
por Ricardo Vicente

Os comunistas nunca reconhecem os crimes de Estado praticados pelo império russo no tempo do comunismo. O regime comunista russo nunca praticou crimes, quando muito tiveram lugar "erros".

 

Agora, para alguma direita, o campo de detenção de Guantánamo passou a ser isso: um "erro". Violações rudes do direito internacional e, até, do direito nacional americano? "Erros". Gente imprisionada sem haver mandado judicial e por tempo indeterminado (incluindo vários adolescentes)? "Erros". Gente acusada sem saber do conteúdo da acusação? "Erros". Torturas e métodos degradantes aprovados ao mais alto nível? "Erros". Torturas e métodos degradantes cuja única aprovação consistiu nos caprichos sádicos de uns malucos ("malucos" é, obviamente, um eufemismo)? "Erros".

 

Porque será que uma certa direita não é capaz de aprender com os erros de uma certa esquerda?


tiro de Ricardo Vicente
tiro único | comentar | gosto pois!

3 comentários:
De Eduardo F. a 16 de Setembro de 2011 às 11:42
A tentação totalitária sempre teve um largo espectro.


De Octávio dos Santos a 19 de Setembro de 2011 às 21:10
Tem a certeza que quer mesmo comparar - e equiparar - Guantanamo ao Gulag?

Pense bem...


De Ricardo Vicente a 25 de Setembro de 2011 às 14:51
Não fiz equiparação dos crimes, fiz comparação das maneiras de os não denunciar. Todas as comparações são possíveis, desde que feitas com honestidade. Mas, se preciso for que lhe diga, considero os crimes do comunismo piores do que os de Guantánamo.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds