Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012
por jfd

Sem muito mais que dizer, fazer, ou sugerir, deu-se ontem a oposição ao papel de sujar e manchar a opinião pública com a ajuda dos meios de poluição social.

Um discurso perfeitamente enquadrado, consequente e coerente como já afirmei aqui, foi totalmente desmembrado da sua natureza e contexto e talhado com o corte ajustado a cada provocador reaccionário desejante de 15 minutos de palco para a sua não-causa.

Atacar. Destruir. Dividir. Atiçar. Parecem ser estes os mantras de quem, não estando a favor das políticas do Governo, pretende dar novo rumo a Portugal - saberá Deus como!

Tanto que poderiam ter aprendido com o actual Governo e seu líder aquando do seu papel construtivo na oposição. Mas é difícil atacar caminhos necessários, correctos e com resultados no médio e longo prazo, ainda que com grandes (necessários) custos a curto prazo.

Governar é difícil. Governar com responsabilidade e confiança no futuro ainda mais. Agora destruir irresponsavelmente aquilo que se faz e se vai fazendo e ainda com a complacência dos meios de poluição social é simples e de efeito imediato. Mas, perdurará aquilo que interessará no futuro e para esse mesmo futuro. Lá diz o ditado; Os cães ladram e a caravana passa. E só assim posso classificar uma retórica que pega em tudo o que é dito por este Governo e seu líder e não olha a meios para deturpar e virar o povo contra si próprio e os seus sacrifícios.

Continuaremos a caminhar para o nosso objectivo, mas era totalmente desnecessário este fogo amigo ao povo português.

Que vergonha de oposição.


tiro de jfd
tiro único | comentar | gosto pois!

8 comentários:
De k. a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:08
Ahahahahaahahah! Ahahahahha!
"actual Governo e seu líder aquando do seu papel construtivo na oposição."

Exacto. PEC4 chumbado porque queriam poupar os portugueses de mais sofrimento (porque não os chamaram de "picuinhas" na altura??)
Vergonha é que utilizem tal argumento.


Enfim.
E a oposição faz o seu trabalho - fiscaliza a implementação do Memorando de Entendimento com a Troika a que todos estamos ligados. E se o governo faz uma interpretação inviesada, incorrecta, e contraproducente desse memorando, criticamos.

Ou perdemos esse direito?



De jfd a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:16
Podes-te rir à vontade.
Foi chumbado e bem chumbado. E o futuro veio a provar.
Antes os sacrificos com sentido de agora que as loucuras de 6 anos sem rumo e de gastos sem alicerces.

Podes spinar, dançar o vira, fandango ou a valsa.
Isto que aqui disse meu caro k, não deixa nem deixará NUNCA de ser verdade.


De k. a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:44
Ah! Os sacrificios de agora tem sentido, a um ano não tinham!
E as taxas de juro de portugal até têm baixado e já são sustentaveis! E as agencias de rating até subiram a nossa classificação!


E seis anos de investimento em educação e tecnologia não fazem sentido para o PSD? acredito!!


De jfd a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:54
Educação
Exemplo - Novas oportunidades.

Tecnonologia
Exemplo - Postos vandalizados de carregamento de carros electricos.

Ah! Os sacrificios de agora tem sentido, a um ano não tinham!

Sacrificios que significam encaixe financeiro extra para o Estado fazem sentido existir sob alçada de um Governo consequente, eficaz e responsável. Não no cenário anterior a este. Isto é claro meu claro. Podes subir ao Padrão dos Descobrimentos e gritar para o Tejo, que isto não é, não foi nem será diferente.

E as taxas de juro de portugal até têm baixado e já são sustentaveis! E as agencias de rating até subiram a nossa classificação!

Já acompanhas de outros fóruns a minha opinião sobre este assunto.
Nós estamos a fazer o nosso trabalho de casa. E bem feito. E não é por sorte que estamos a lá chegar; passo a passo. E nas palavras sábias do nosso PM:
"Mas caramba! Não pode ser sempre a sorte. Quando as pessoas percebem que o que estamos a fazer está bem feito; então devemos persistir, ser exigentes, não sermos piegas e não termos pena dos alunos, coitadinhos, que sofrem tanto para aprender. Nunca conheci um aluno que anos mais tarde louvasse os professores que facilitassem ou que não tivessem cumprido devidamente a sua missão."


De jfd a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:17
E a oposição faz o seu trabalho - fiscaliza a implementação do Memorando de Entendimento com a Troika a que todos estamos ligados

Gostaria muito de argumentar alguns exemplos. Tens?


De k. a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:46
E que tal todas as ideias (fortemente criticadas) de "Ire alem da troika" que nos têm sido apresentadas, e como consequencia têm o aprofundamento da recessão?

Que, diga-se de passagem, equivale a menos PIB. Menos PIB significa que mesmo que o stock de divida seja igual, a divida relativa sobe....

Este governo irá ser responsável pela ignomia de renegociar a divida do estado portugues.


De jfd a 8 de Fevereiro de 2012 às 14:50
Er... os exemplos mesmo?


De André Miguel a 9 de Fevereiro de 2012 às 21:20
Oposição em Portugal é isso e apenas isso, estar sempre em oposição a tudo. Sempre! Triste país...


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds