Quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012
por Mr. Brown

1. O economista Vitor Bento disse hoje que o Governo pode vir a arrepender-se do aumento salarial de 2,9 por cento proposto para os funcionários públicos em 2009, afirmando que pode vir a criar muito desemprego.

2. Num almoço promovido pela Associação Comercial de Lisboa, a líder do PSD considerou que a declaração do primeiro-ministro, numa entrevista à TSF e ao DN, confirmando a subida do salário mínimo para 450 euros este ano «roça o nível da irresponsabilidade»..

3. Não tenho a certeza, mas acho que Paul Krugman teria estado ao lado destes dois, foi pena não termos tido nenhum especialista krugmaniano por estas bandas durante esse período. Só tivemos e continuamos a ter intérpretes krugmanianos de má qualidade.


tiro de Mr. Brown
tiro único | comentar | gosto pois!

4 comentários:
De k. a 29 de Fevereiro de 2012 às 09:47
Que disparate.

O Krugman nunca disse que os Salarios em portugal devem baixar, nem que sejam baixos, disse que deviam ser mais baixos RELATIVAMENTE aos alemães.

Portanto se os alemães subirem os seus custos do trabalho, em vez de andarem com estratégias begger-thy-neighbour, os salarios portugueses podiam até subir (desde que menos que os alemães)


De Mr. Brown a 29 de Fevereiro de 2012 às 13:02
Se há um desajustamento salarial neste momento, isso deve-se ao quê? Quem reconhece o desajustamento salarial como um problema, nunca poderia defender as subidas de salários que se verificaram no passado, muito menos num passado próximo. Julgo não ser preciso fazer um desenho...


De João André a 29 de Fevereiro de 2012 às 10:00
Bom, uma vez que Paul Krugman não propõe a descida dos salários em portugal, antes a subida dos mesmos na Alemanha e um ajuste por via da inflação, penso que não se reveria nessas declarações...

Além disso, uma coisa são os salários em geral. Outra o salário mínimo. Bento que experimente viver um mês com 450 euros no bolso. Acho que não passava do dia 5.


De Mr. Brown a 29 de Fevereiro de 2012 às 13:01
Se há um desajustamento salarial neste momento, isso deve-se ao quê? Quem reconhece o desajustamento salarial como um problema, nunca poderia defender as subidas de salários que se verificaram no passado, muito menos num passado próximo. Julgo não ser preciso fazer um desenho...


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds