Sexta-feira, 27 de Abril de 2012
por Francisca Prieto

Ontem à noite, após ecos de pancadaria, Rodrigo Prieto entra-me pelo quarto que nem um tornado e grita: “o Manel que vá viver para Espanha, isso é que era um alívio”. Não percebi de imediato o que tinha motivado esta súbita vontade de exportar o irmão para o país vizinho. Porém, hoje de manhã dei-me conta de que o primogénito tinha andado a rejubilar com a vitória do Bilbao. Indignada pela falta de patriotismo, agarrei-o por um braço e lancei a estocada fatal: “a partir de hoje tu, para mim, serás o Manolo”.


tiro de Francisca Prieto
tiro único | gosto pois!

De k. a 27 de Abril de 2012 às 09:43
:O

De facto, o petiz merece punição - mas também exporta-lo para Espanha é capaz de ser exagerado.

Se calhar, envia-lo para o Território Ocupado de Olivença é melhor, continuará tecnicamente em solo Português, sendo apenas uma pequena ilha Lusa rodeada de espanhois por todos os lados..


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds