Domingo, 20 de Maio de 2012
por Fernando Moreira de Sá

Reparem, a Directora do Público afirmou ao i que o Conselho de Redacção do Público fez "uma manipulação intolerável dos factos". Mais, diz também que nenhuma notícia do caso das secretas deixou de ser publicada.

 

Hoje ficou-se a saber que, afinal, o Ministro Miguel Relvas nunca falou directamente com a jornalista em causa e que lhe foram dados 30 minutos para responder a todas as perguntas (enviadas por mail).

 

Por tudo o que já vi escrito nos jornais, mais parece estarmos perante uma guerra de poder interno no Público. A ser assim, é de enorme gravidade usar o nome de terceiros para batalhas internas de poder numa redacção. Ainda por cima quando o "usado" é um ministro. Como dizia o VPV, o mundo está a ficar perigoso...


tiro de Fernando Moreira de Sá
tiro único | comentar | gosto pois!

9 comentários:
De Maurício Barra a 20 de Maio de 2012 às 08:24
Caro Fernando Moreira de Sá, tirou-me as palavras da boca.
O conselho de redacção do Público tem uma agenda política próxima do BE e de "companheiras" do PC, a qual a Direcção patrocinou para tomar "conta do poder" ao José Manuel Fernandes, mas que agora quase não consegue controlar os exageros.
Estas "meninas" com as suas agendas fracturantes, a sua obsessão anti-governo, a sua falta de espírito democrático e, sobretudo, com a sua falta de qualidade e "espessura" jornalística, estão a destruir aquele que foi o melhor diário português.


De makarana a 20 de Maio de 2012 às 15:47
eu já vi comentarios muito parecidos aos vossos há tempos no jugular.Ou pior: a camara corporativa pode ter acabado mas continua a existir o forte apache.Qualquer homem pode se tornar um abrantes, não importando a cor pollitica.Estraha direita essa que falou mal dos antigos ocupantes do poder, rasgando as suas vestes, mas que entretanto chegou ao poder e eis que repete todos os hábitos do partido anterior.Shame


De Grunho a 20 de Maio de 2012 às 18:54
Essa de o conselho de redacção do Público ter "uma agenda política próxima do BE e de "companheiras" do PC" era para rir?
Ou é só uma manifestação de doença mental?


De Skeleton Bay a 20 de Maio de 2012 às 19:40
Sr. Fernando Sá. Este seu texto não passa de uma campanha de encobrimento do Sr. Ministro. Os Portugueses e questionam-se sim como é que o Sr. Ministro que tutela a comunicação tem atitudes destas. Já agora como é que o Sr. Ministro obteve informações pessoais sobre a jornalista do Publico? Talvez através de um Clipping mal feito ou de um SMS enviado por alguém sem relação pessoal mas com o seu número de telemovel. As pessoas estão fartas das vossas campanhas.....


De Buiça a 21 de Maio de 2012 às 02:14
Se se provar que fez ameaças, que se demita o único governante que não parece ter mais nada para fazer do que continuar o jogo patético de gerir agendas mediáticas e os interesses mais ou menos inconfessáveis dos que precisam de alguma parte do dinheiro dos contribuintes. Mas espero que não baste a opinião política de um conselho de redacção...


De Jaime Marques a 21 de Maio de 2012 às 09:31
Pois é meu caro. Era tudo mais concreto e claro quando andava pela iniciativa “TODOS PELA LIBERDADE” (http://todospelaliberdade.blogs.sapo.pt/374.html). Como a memória e as posições são curtas neste país! Vergonha, é o que se pede. Mas talvez seja pedir muito. Não é?


De k. a 21 de Maio de 2012 às 09:56
Disto tudo, posso dizer que para mim, o Miguel Relvas devia mudar o nome para Miguel Reles

:D


PS: Curiosamente, até acredito no miguel relvas - a imprensa é um portugal tornou-se uma especie de hidra de sete cabeças. Mas não tenho pena de vós, PSD. Quando o Socrates era grelhado em público (e no Público, tambem), vocês em vez de serem responsáveis, alimentaram a hidra.
Agora, colham os ventos que semearam.
Ahhhhhh e esperem até chatearem os magistrados. Ui ui...


De neotonto a 21 de Maio de 2012 às 10:31
"Estranha direita essa que falou mal dos antigos ocupantes do poder, rasgando as suas vestes, mas que entretanto chegou ao poder e eis que repete todos os hábitos do partido anterior.Shame"

...

Estranha direita?. Vc nao faz put* ideia de como é a direita. De coisa estranha aquí neste ponto, nenhuma...


De Fernando Moreira de Sá a 22 de Maio de 2012 às 00:43
Obrigado a todos pelos comentários. Os de acordo e os contra. Sempre defendi a Liberdade de Expressão. Na teoria e na prática.

Cumprimentos.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds