Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011
por Rui C Pinto

Merkel e Sarkozy estão a preparar um novo plano para salvar o Euro. A cada plano anunciado, Paris e Berlim vão provando a sua incapacidade política para a resolução da crise das dividas soberanas. A cada plano desenhado enfraquecem a sua suposta liderança política da Europa. E enquanto notoriamente se enfraquecerem perante o mundo empurram a Europa para o abismo.

Enquanto o plano de salvação do Euro não incluir os gregos nas suas negociações não há salvação possível. São os gregos que estão ao leme da Europa. Os franceses e os alemães vão no cesto da gávea.

tags:

tiro de Rui C Pinto
tiro único | gosto pois!

De k. a 26 de Setembro de 2011 às 14:24
Ah pois
deves 100 ao banco, tens um problema
deves 100000 ao banco, o banco tem um problema


A solução tem de ser europeia, mas não podemos demonizar partes;
Se o governo Grego foi irresponsavel, tambem foram irresponsáveis quem lhe emprestou dinheiro, esperando obter um retorno sem risco (!???)

E se o governo Grego foi irresponsável, a economia Grega não o foi - é pouco inteligente que empresas gregas saudaveis sejam levadas à beira da falencia porque se quer punir a grécia. A economia grega tem de ser protegida.

Por exemplo, a califorfnia está falida, mas a apple (que tem sede na california) nao está, pois nao? Nem faria sentido que estivesse


(porra de filtro antispam fascito-bolchevique)


De Rui C Pinto a 26 de Setembro de 2011 às 15:22
k., concordo com quase tudo o que dizes. Mas não retiraria da equação a necessidade de os gregos assumirem uma trajectória de correcção dos seus problemas estruturais que promovem um défice orçamental crónico. Isto não é possível manter.

O point do meu post é que França e Alemanha estão a tentar resolver um problema que só pode ser resolvido pelos gregos. E vai ter que se negociar com eles uma saída para o problema. Toda a Europa devia pressionar ambas as partes neste sentido.


De Miguel Noronha a 26 de Setembro de 2011 às 16:25
Não percebo muito bem o papel que pretende dar aos gregos. Estes são o que se chama "uma carta fora do baralho". Neste momento só lhes resta anunciar a reestruturação da dívida e a saída do euro. (Ou então seguir o conselho de alguns políticos alemães e começar a vender partes do território).

A Sra. Merkel e o Sr. Sarkozy têm um problema bem mais grave para resolver que é o impacto que a reestruturação grega terá nos seus bancos. Duvido que tenham tempo para se preocupar com a Grécia.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds