Domingo, 10 de Junho de 2012
por Maurício Barra

FACTOR MERKEL

Para aqueles que afirmavam ou insinuavam (incluindo MRS, num ímpeto de populismo acentuado) que ganhar à Alemanha era partir “partir as trombas a Merkel“ , acham que com a derrota de Portugal foi Merkel partiu as trombas a Portugal?

 

FACTOR BOSINGWA

Será que o facto de não ter sido seleccionado o nosso melhor defesa lateral direito (e recém-campeão europeu), facto a que os dirigentes federativos e o país impresso mansamente aquiesceu, não é mais um sinal do tradicional subdesenvolvimento português de colocar os egos à frente dos objectivos?

 

FACTOR HÉLDER POSTIGA

Vitórias morais? Depois de estarmos a jogar com dez contra onze? Continuamos a não retirar as lições das derrotas? Ou temos de aceitar que em Portugal os seleccionadores podem pôr as suas obsessões à frente da máxima eficácia para cumprir objectivos?


tiro de Maurício Barra
tiro único | gosto pois!

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds