Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Forte Apache

enganos de conveniência

catarinabaptista, 19.06.12

Há cerca de dez meses, o Expresso (sempre ele) noticiou isto:

Mário Crespo convidado pelo Governo para correspondente da RTP em Washington

Convite feito por Miguel Relvas surpreende administração da RTP e viola critérios da direção de informação do operador público para a escolha de correspondentes.

 

Na altura, Miguel Relvas negou.

E Crespo também.

Tinham razão. O Expresso, como de costume, «enganou-se».

 

A realidade afinal é muito diferente. Como podemos ler aqui.

 

Claro que, em Agosto de 2011, o Ministro foi desancado pelos «pensadores» que gostam de disparar primeiro e só começam a pensar depois dos disparos. Como é que o Crespo, sendo dos quadros da SIC, poderia ser ao mesmo tempo o correspondente da RTP?

Mas a burrice pegou. E alguns papagaios de serviço, com umas tantas catatuas lá no meio, puseram-se a palrar contra «o Relvas».

 

Reparem só nestes exemplos:

«O frete teve a merecida correspondência»

«Dar o exemplo»

«Washington, DC: o novo concurso da RTP»

«Jornalismo servil e catavento na mesma pocilga»

«Prateleiras douradas»

«Crespo ao fresco»

«Crespo ao fresco»

«Crespo goes to Washington»

«Miguel Relvas»

«PSD: jobs for the boys in Washington»

Etc, etc, etc, etc, etc.

 

E é claro que ninguém deu o braço a torcer.

Pelo contrário, é possível ler agora coisas como esta: «O enfraquecimento político de Relvas abortou o regresso de Mário Crespo a Washington, como correspondente do canal do Estado.»

Entre comentários do mais rançoso machismo...

O carrossel continua, agora com outros(as) visados(as).

Enfim... Cerca de 18 mil entradas no Google.

E eu estou fartinha de ler tanto disparate.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.