Quinta-feira, 5 de Julho de 2012
por Rodrigo Saraiva

Desde que este governo tomou posse que diversas personagens, umas com rosto e outras sem, tentam dificultar o percurso deste. Numa primeira análise viram em Álvaro Santos Pereira um suposto "elo mais fraco". Vai daí e desataram a disparar sobre o Ministro da Economia. Era porque tinha pedido para ser chamado pelo nome, era porque vinha do Canadá, era por tudo e mais alguma coisa.

Depois perceberam que o Ministro era resistente e que o Primeiro Ministro mantinha a sua confiança nele e decidiram virar a agulha para outro alvo. E foram ambiciosos. Aliás, estão. Desde então é ver tiros e mais tiros destinados a atacar Miguel Relvas. Curiosamente dois Ministros que têm em mãos projectos de reformas que vão mexer com muitos interesses e corporativismos. E a seguir vão virar-se para quem?


tiro de Rodrigo Saraiva
tiro único | gosto pois!

De Paulo Correia a 5 de Julho de 2012 às 11:09
O Corporações vive! Mudou de lado, mas vive. Vergonha.


De Rodrigo Saraiva a 5 de Julho de 2012 às 13:10
essa tentativa de comparação é totalmente falhada. nem que fosse por um pormenor (aliás, porMAIOR), que é que por aqui os nomes correspondem a pessoas reais. Aqui damos a cara, não nos escondemos.

junta-se a isso o facto de este ser um blog onde não há uma cartilha. E basta ler os vários posts sobre o assunto "Relvas" para o perceber. A não ser que não queira ser intelectualmente honesto para o reconhecer e aí pode ficar com o carimbo "corporações" como propriedade própria.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds