Quinta-feira, 12 de Julho de 2012
por Pedro Correia

Três socialistas que vale a pena ler na imprensa e ouvir na televisão: Francisco Assis, José Medeiros Ferreira e Manuel Maria Carrilho. Todos se distinguem da chilreada dominante.


tiro de Pedro Correia
tiro único | comentar | gosto pois!

2 comentários:
De makarana a 12 de Julho de 2012 às 20:19
se o assis fosse o lider do ps, as coisas para o governo estavam mais complicadas em termos de sondagens, não acha pedro?


De Pedro Correia a 13 de Julho de 2012 às 00:10
Assis - que conheço bem e cujo trabalho acompanhei de perto quando liderou a bancada parlamentar do PS - poderia dar outra dinâmica ao partido. Há que reconhecer no entanto, fazendo-se justiça a Seguro, que os socialistas têm uma missão difícil nesta fase enquanto maior partido da oposição: há 15 meses foram eles próprios que negociaram e assinaram as condições do empréstimo de emergência que colocou Portugal sob resgate internacional. O pano de fundo em que nos encontramos é esse.
É certo que Seguro, por mérito próprio, derrotou Assis na eleição interna do PS, vai fazer agora um ano. Mas vejo sempre mais o ex-líder parlamentar a seguir, enquanto líder da oposição, o conselho que Felipe González deu recentemente ao actual líder do PSOE, Alfredo Pérez Rubalcaba: «Debe hace la oposición como si no quisiera gobernar.»
González, que venceu quatro eleições legislativas em Espanha, sabe do que fala. E não ignora a diferença entre um político banal e um estadista: o primeiro pensa na eleição seguinte, o outro pensa na geração seguinte.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds