Sábado, 1 de Outubro de 2011
por Ricardo Vicente

Enquanto assistimos enojados à telenovela Isaltino Morais à tarde e à telenovela Alberto João Jardim de manhã e enquanto pensamos que o primeiro mantém-se presidente de câmara municipal e o segundo mantém-se e prepara-se para ser reeleito presidente do governo regional da Madeira em nome do PSD, há uma figura desse mesmo partido que vem à mente: Marques Mendes.

 

Marques Mendes teve um acto de coragem histórica ao dissociar Isaltino Morais e Valentim Loureiro do PSD. Essa enorme coragem e sentido de decência poderia, porém, ter ido ainda um pouco mais longe. Mas acabou por não chegar à Madeira.

 

Parece que Passos Coelho não irá à dita ilha apoiar Alberto João Jardim. Não apoiar, não ir, não fazer: é pouco. Pouco por omissão.


tiro de Ricardo Vicente
tiro único | gosto pois!

De Carlos a 6 de Outubro de 2011 às 18:33
Mas não é o mesmo Marques Mendes que foi presidente da ass municipal de oeiras com Isaltino a presidente da Camara!??!?!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds