Quinta-feira, 2 de Agosto de 2012
por Alexandre Poço

Estado corta metade dos apoios a fundações

 

Uma notícia há muito esperada e muito bem-vinda. Este corte nas fundações é a concretização de uma proposta eleitoral dos partidos da coligação, que mais tarde passou para o programa de governo. É de relembrar que era igualmente uma exigência da troika. Mais sentido faz quando ficamos a saber que "entre 2008 e 2010, o Estado concedeu perto de 1 500 milhões de euros - pouco menos de 1% do PIB - em apoios públicos a estas entidades."


tiro de Alexandre Poço
tiro único | gosto pois!

De Carlos Faria a 2 de Agosto de 2012 às 09:44
Fundação subentendia-se como sendo a gestão de um fundo para um fim, depois com o tempo algumas foram criadas ou passaram a ser apenas mais um meio para sorver dinheiros do Estado


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds