Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012
por Rui C Pinto

Numa altura em que o conflito social sobe de tom, em que a contestação às políticas e ao governo alastra nas ruas, sou incapaz de perceber a utilidade de vociferar disparates cuja consequência só pode ser o aumento da crispação social. 

 

Juntar a execução de um programa de austeridade severa com um discurso moralista é insuportável até ao mais racional e responsável cidadão. Sobretudo quando esse discurso não corresponde à verdade, como bem diz o Maurício Barra.

tags:

tiro de Rui C Pinto
tiro único | comentar | gosto pois!

1 comentário:
De Marão a 24 de Setembro de 2012 às 20:47

A coligação está instavelmente estável. Este tratamento em ambulatório de emergência serviu o objectivo de sossegar a troika, mas nem coligaduras se salva. O conhecido especialista em minas e armadilhas já prepara diligente a próxima acção. Até que um dia o detonador lhe pregue uma partida. Mal amanhada uma traição interna não vão resistir a inevitáveis e cada vez mais legítimas pressões exteriores. Até o PS se dá ao luxo de cavalgar vitorioso com dentadura escovada o cavalo coxo que nos impingiu.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds