Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012
por Pedro Correia

«Só tenho pena que não haja em Portugal um político como o D. Afonso Henriques, o Marquês de Pombal e o Salazar.»

Ouvido há minutos, na 'Opinião Pública' da SIC Notícias

tags:

tiro de Pedro Correia
tiro único | comentar | gosto pois!

8 comentários:
De O Rural a 27 de Setembro de 2012 às 19:49
Este gajo trocou a ordem da votação para o Maior Português.

Foi o inverso desta ordem.


De Pedro Correia a 28 de Setembro de 2012 às 17:24
A ordem é arbitrária. E os neurónios também.


De CeC a 27 de Setembro de 2012 às 20:43
Gostando ou não gostando, todos os três partilhavam de uma visão autoritária que, para o bem ou para o mal, não só os transformou em autocratas como também os definiu como esclarecidos.
Não vi dita 'bojarda' mas imagino que fosse referente à falta de pragmatismo, além de um certo carisma, por parte de um individuo, de cariz politico, que se entregue de alma e corpo ao Estado.


De Pedro Correia a 28 de Setembro de 2012 às 17:25
Não há como um autocrata para erradiar carisma...


De JosÉ Manuel a 27 de Setembro de 2012 às 23:54
E o D. João II, que não mandava recados por ninguém. Usava ele próprio o punhal nos seus inimigos.


De Pedro Correia a 28 de Setembro de 2012 às 17:24
Era tiro e queda. A crise terminava num ápice.


De Desconhecido Alfacinha a 28 de Setembro de 2012 às 08:35
Carissimo,

Eu avisei: O numero (das bojardas) vai aumentar exponencialmente...

Forte abraço e bom fds,

PS: Então e ... os livritos ? Hum ? :-P


De Pedro Correia a 28 de Setembro de 2012 às 17:23
Óptimos, meu caro. Havemos de nos encontrar. As bojardas, infelizmente, irão continuar a um ritmo contínuo.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds