Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Forte Apache

O saco de vento

José Meireles Graça, 06.10.12

 

 

É possível fazer-se uma carreira política indo da extrema-esquerda até ao PS, sempre atrasado em relação ao tempo histórico, recomendando calma e serenidade a quem não está nervoso, debitando primeiro a vulgata da cartilha marxista, depois quanta ideia pateta de esquerda moderna anda no ar, tudo embrulhado num ar grave e ponderado?

 

E, chegando a lugares de relevo, é possível deles sair prestigiado sem ter corrigido um torto, reprimido um abuso, deixado uma marca de progresso da cidadania?

 

E, como marco assinalável de uma carreira distinta, é possível ter criado um precedente indesejável, favorecendo uma facção, não reconhecendo um problema sério e criando condições para o seu agravamento?

 

E, como saldo de uma vida pública, é possível não ter aprendido nada, não reconhecer um erro, e ainda assim encontrar quem, com respeito, preste um ouvido atento ao mesmo discurso inane e reservado da estabilidade e da esperança?

 

É.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.