Sexta-feira, 12 de Outubro de 2012
por Rui C Pinto

Se há sector de actividade onde a globalização é uma realidade evidente é o da produção científica. Os projectos de investigação são de tal forma integrados numa rede global que é comum encontrar-se nas Universidades ou Departamentos de R&D de empresas equipas multidisciplinares com investigadores de todos os cantos do mundo. Neste contexto de forte mobilidade de pessoas e de partilha de informação é natural que o progresso alcançado, em todas as áreas de investigação, resulte de um esforço multinacional. É, por isso, de enorme justiça exaltar aqueles cujo trabalho, muitas vezes anónimo, contribui para grandes descobertas e prémios de reconhecimento internacional, como é o caso do prémio Nobel. 

 

David Guerra Aragão, ex-aluno da FCT - Universidade Nova de Lisboa, é co-autor de um artigo publicado na revista científica Nature onde o galardoado do Nobel da Química Brian Kobilka desenvolve o tema que lhe valeu a distinção. Deixo aqui o elogio merecido a quem, longe da luz da ribalta, contribui de forma expressiva para o desenvolvimento científico e tecnológico e, de caminho, eleva a imagem de Portugal. Parabéns David. 


tiro de Rui C Pinto
tiro único | gosto pois!

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds