Sexta-feira, 19 de Outubro de 2012
por Carlos Faria

Hoje, quando me preparava para tomar o pequeno almoço em Évora três pessoas que deduzi familiares entre si na mesa ao lado lamentavam-se das dificuldades para a empresa (presumi pequeno comércio), contudo o término da conversa foi revelador da forma de pensar deste País:

- Mas saiu um programa de incentivos a esse tipo de situações segundo ouvi do Ministério da Economia. - Disse uma pessoa ainda jovem.

- Pode lá ser verdade, este governo não dá apoios a pequenas empresas, apenas a grandes. - Contra-argumentou uma pessoa mais idosa.

- Lá isso é verdade. - Concordou a primeira.

- Pois, não sei como é que vai ser mesmo para eu ir em frente. Concluiu desanimadamente a pessoa que deveria ser responsável pela empresa.

 

Não sei se existem ou não incentivos para o caso em discussão, mas o preconceito contra este governo parece ter matado à partida qualquer tentativa de solução para a empresa em causa e esta dificuldade está enraizada no povo e é alimentada também por alguns políticos oportunistas que são rápidos na crítica e lentos na apresentação de propostas alternativas.

É verdade que é mais fácil mudar o governo que o povo, mas é bem mais difícil sair da crise com preconceitos que inibem o empreendorismo e a busca de soluções.

tags: ,

tiro de Carlos Faria
tiro único | gosto pois!

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds