Sexta-feira, 19 de Outubro de 2012
por jfd

Manuela Ferreira Leite precisa de encontrar vergonha na cara.

 

 

Este tipo de declarações, opiniões ou verborreias cerebrais em nada ajudam Portugal e o seu futuro.

Além disso MFL e todos os que fazem parte da geração que nos $%$%&%$% e agora estamos a pagar, deviam era estar calados e aplaudir um Governo que não lhes prestam vassalagem mas sim se devotam ao futuro da Nação.

Tenha vergonha na cara Professora!

Eu quero que os barões do PSD se afoguem nas suas baboseiras


tiro de jfd
tiro único | comentar | gosto pois! (1)

9 comentários:
De Marão a 19 de Outubro de 2012 às 18:45
A Senhora anda aborrecida por ter morrido politicamente cedo demais. Tem a consciência pesada pela cinzenta obra que realizou, tendo contribuído para a pesada herança com que nos brindaram. Sair de cena a tempo seria bom conselho para um batalhão de notáveis insuflados que diariamente nos entram pela casa dentro como fantasmas.


De jfd a 19 de Outubro de 2012 às 18:51
Nem mais nem menos!


De Tiro ao Alvo a 19 de Outubro de 2012 às 19:44
Também não tenho gostado das intervenções da senhora. Eu sei que ela andou a dizer ao Sócrates, durante tempo de mais, que ele não tinha dinheiro, que Portugal estava à beira do abismo, e que tinha razão. Mas isso não lhe dá direito de andar agora a dizer coisas como as que referiu, além do mais, sem apontar qual o caminho alternativo. Por outro lado, e estando engajada no PSD, parece-me que era dentro do PSD que deveria defender as suas ideias, aceitando a posição dos seus pares, quando em maioria.
Da forma como está a proceder, até parece que só fala por despeito.



De ogrilofalante a 19 de Outubro de 2012 às 20:17
Quando a madame "desancava" no governo do Sócrates, toda a direita batias palmas. Como agora "desenca" no Passos Coelho, aqui-del-rei.


De Rural a 19 de Outubro de 2012 às 21:58
Se todos arreiam no Gaspar, é porque este incomoda a eles todos.


De Carlos Faria a 19 de Outubro de 2012 às 23:29
MFL teve o seu tempo de desancar em Sócrates, concorreu às eleições e o projeto dela não foi aceite, tinha razão na altura em que dizia essencialmente "não há dinheiro", mas arriscou-se a ser Primeiro-ministro.
Agora, é diferente, não arrisca nada, diz mal, continua a assumir que não há dinheiro e não apresenta uma única proposta alternativa... fala mal por falar e nada mais. Irrita por nem ser oposição assumida, nem ser proponente de nada.


De ogrilofalante a 20 de Outubro de 2012 às 10:43
Lá vêm as desculpas de mau pagador. Será que as palavras sofrem de inflação? O valor delas ontem não tem o valor das de hoje. Quando o jogo não interessa chuta-se para canto... O contexto hoje é diferente mas o sentido das palavras é exatamente o mesmo.
Ontem atacava o adversário, hoje ataca os da casa.


De Tiro ao Alvo a 20 de Outubro de 2012 às 17:02
Diz o Grilo que "o contexto hoje é diferente mas o sentido das palavras é exatamente o mesmo", mas não tem inteiramente razão, como pode ver:
http://forteapache.blogs.sapo.pt/737837.html
A memória às vezes atraiçoa-nos, outras vezes somos atraiçoados por coisas diferentes...


De João André a 20 de Outubro de 2012 às 13:17
T+ipico dos cães de guarda: calem-na, calem-na!! O Tarrafal ainda está aberto?

Latidos da matilha.

Nunca gostei de Ferreira Leite e não passarei a gostar dela por dizer o mesmo que eu penso (eu e qualquer pessoa que não queira vender o país). É no entanto divertido ver estas raivas dos cães de fila. E falavam dos Abrantes...


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds