Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Forte Apache

Recordar é viver

Rodrigo Saraiva, 20.10.12

Manuela Ferreira Leite está hoje na primeira linha do combate ao Orçamento do Governo PSD/CDS. Mas há dois anos defendeu, elogiou e aprovou o último Orçamento do Governo PS com palavras que fizeram sorrir Sócrates e que, por maioria de razão, podia e devia usar agora.: «Não há outra solução».

Recordemos:

«De tempos difíceis e exigentes também falou a ex-líder do PSD Manuela Ferreira Leite, num discurso que soou como música para os ouvidos dos socialistas. A deputada do PSD defendeu que este Orçamento é "inevitável" e aquele "de que o país precisa". "Não há outra solução, pode haver umas medidas melhores, outras piores, medidas assim, medidas assado, mas temos de percorrer este caminho", frisou. Ferreira Leite reconheceu a situação de "ruptura financeira" e desafiou o executivo a não recuar ao primeiro sinal positivo da economia. A deputada sublinhou que o nível de endividamento, aliado a um anémico crescimento, tornou Portugal "refém dos credores". Numa palavra, "quem manda é quem paga".»

2 comentários

Comentar post