Terça-feira, 23 de Outubro de 2012
por Maurício Barra

“O pedido de ajuda externa era inevitável, o Memorando de Entendimento (tal e qual como estava) era inevitável, o Orçamento do ano passado era inevitável, o deste ano é inevitável. É tudo inevitável até à falência final” (Luciano Amaral).

É tudo inevitável ?

Não.

Porque é inevitável a obrigação do Governo renegociar os termos do Acordo de Ajustamento antes que fiquemos todos desajustados.

Assim como será inevitável o Governo em 2014 e 2015 diminuir a despesa pública e baixar os impostos aos portugueses.

Isto se quiser evitar situações confrangedoras inevitáveis.


tiro de Maurício Barra
tiro único | comentar | gosto pois!

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds