Sexta-feira, 9 de Novembro de 2012
por Diogo Agostinho

Este nosso comentador “independente” chega-nos das mais variadas formas no alto da sua capacidade de análise e independência anarquista que tanto gosta de cultivar. É na SIC generalista, o grande concorrente de Marcelo, é numa coluna de uma página no Expresso, ou mais recentemente na sua visão da última década que este país conheceu.

 

O Expresso, com artigos interessantes e outros mais “exóticos”, não encontro outra palavra capaz de descrever a reflexão sobre o novo milénio, que Miguel Sousa Tavares efectuou no passado fim-de-semana.

 

Ora, este nosso anarco-independente faz uma análise ao seu estilo. Com a superioridade moral à Louçã e com um “realismo” indescritível fala da Governação de José Sócrates como o grande legado de dinamismo e capacidade de mobilização da sociedade portuguesa. Ora, chega mesmo a levantar a grandiosidade deste homem com o seu pecado capital: as grandes obras públicas, que reformou este país, mas encontrou forças de bloqueio. A sério? Que modernizou, que deu um choque tecnológico, que foi a alavanca das renováveis, que defendeu Portugal. Que estava tudo muito bem, mas que coitado, pobre do rapaz deixou-se enredar por afrontar os poderosos. Por isso aconteceu Freeport e o caso da TVI.

 

É extraordinário o branqueamento dos 6 anos de Governo Sócrates que Miguel Sousa Tavares faz. Numa crónica que tem como intuito clarificar cada personagem e cada momento da vida no nosso País, MST deixa-se levar pela emoção de bem dizer e falar desse grande estadista que hoje habita essa bela cidade de Paris. E aqui demonstra bem que o menino de ouro foi levado em ombros por este independente comentador e os Dias Loureiros desta vida.

 

Assim reza a independência de Sousa Tavares...e que continue a ter esta liberdade de pensamento e afastamento de qualquer interesse ou facção. 


tiro de Diogo Agostinho
tiro único | gosto pois!

De Cobarde a 9 de Novembro de 2012 às 17:41
Que tiro certeiro caro Diogo.

João F. Calçada


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds