Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012
por Maurício Barra

Claro que não.

Paralisação total do país ? Também não.

Greves sobretudo nas zonas urbanas, em áreas do sector público e nos transportes.

Poucas greves no sector privado.

Num país em que "o que se ouve no espaço mediático e nas redes sociais como opinião dominante parece não representar a maioria dos portugueses. (...) [H]á uma maioria silenciosa que tem bom senso e apenas deseja que os problemas do país sejam resolvidos o mais depressa possível.( Helena Garrido in Jornal de Negócios )", a greve de hoje terá mais impacto na imprensa do que no quotidiano dos portugueses.

É mais uma greve "contra o empobrecimento" que empobrece ainda mais o país e ataca a difícil recuperação económica que temos de enfrentar nestes dias em que, sem dinheiro, precisamos do apoio dos nossos credores para escapar à bancarrota.

Mas sobretudo, uma greve que atrasa a criação de emprego num país que precisa de o criar para diminuir o desemprego. Que acabará por surgir a partir do sector privado, onde 3.700.000 portugueses e portuguesas trabalham todos os dias, a mola real que poderá impelir a nossa economia para uma situação mais saudável do que aquela que agora vivemos. Com greves gerais que lhes passam completamente ao lado.

 

Nota : não existe greve dos bombeiros. Só uma corporação de Lisboa, de sapadores, funcionários pagos pela autarquia, é que se prestaram ao papel de estar ao lado do secretário geral da CGTP.  Todas as outras 431 ( repito, 431 ) corporações de bombeiros voluntários do país, que não recebem um euro pela actividade que desenvolvem, estarão, como sempre, em estado de prontidão permanente para ocorrer à suas populações.


tiro de Maurício Barra
tiro único | gosto pois!

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds