Quinta-feira, 22 de Novembro de 2012
por Filipe Miranda Ferreira

 

Ao abrirmos os jornais não podemos deixar de ficar espantados com a importância que estes dão aos assuntos mais triviais e banais, a "espuma dos dias" e com a ausência de enquadramentos mais aprofundados sobre temáticas que realmente mexem com as nossas vidas.  Não deixa de ser curioso que, mesmo depois do Presidente da República, do Primeiro-Ministro e do Ministro dos Negócios Estrangeiros terem feito declarações sobre a posição nacional relativamente à discussão do orçamento comunitário, estas tenham sido tão pouco escalpelizadas, nomeadamente no que diz respeito à importância da Política de Coesão para a vida nacional.

Aquando das deslocações do primeiro-ministro ás reuniões do grupo "Amigos da coesão", estas foram sempre reportadas na sequência da fait divers nacionais e não pelo seu valor intrinseco de plataforma de pressão dos países beneficiários dos fundos de coesão.

Num país com as catateristicas do nosso não seria de supor uma maior visibilidade dada pela nossa imprensa às temáticas relacionadas com a Política de Coesão?

 

 


tiro de Filipe Miranda Ferreira
tiro único | comentar | gosto pois!

1 comentário:
De murphy a 22 de Novembro de 2012 às 18:11
tudo o que sejam ntícias que contrariem as ideias:
- "este governo está apaixonado pela austeridade";
- "PPC é o bom aluno de Merkel";
- "governo não tem qualquer posição relatuvamente a política externa", etc.

são notícias a varrer para baixo do tapete...

http://jornalismoassim.blogspot.pt/




comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds