Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012
por Alexandre Poço

A "passagem do ano é inconstitucional", diz o constitucionalista, na medida em que os "Açores têm de aguardar mais uma hora pela chegada do novo ano, ao passo que o Continente e a Madeira já estão em 2013." Para o constitucionalista existe uma "clara violação dos princípios constitucionais", pois estes asseguram a "igualdade de direitos entre todos os portugueses e nenhum motivo pode justificar um atropelo destes à Constituição". O constitucionalista refere que a "hora una do Estado é inviolável" e diz ter fé no veredicto do Tribunal Constitucional sobre este assunto.

 

Feliz Ano Novo a todos os colegas e leitores desta casa!

tags:

tiro de Alexandre Poço
tiro único | comentar | gosto pois!

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds