Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013
por Pedro Correia

«A verdade é que o défice, sendo inferior a 5%, face às previsões que eu própria disse aqui, que estava à espera de um défice real de 6%, sabe-se agora que se ficará pelos 5%...»

Constança Cunha e Sá, TVI 24

 

«Eu, que escrevi várias vezes que seria quase impossível que Portugal regressasse aos mercados em 2013, reconheço sem qualquer problema que com estas regras Portugal está em condições de o fazer. Mais relevante, a estratégia negocial de Vítor Gaspar foi a correcta, sobretudo nos prazos em que jogou as suas cartas.»

Ricardo Costa, Expresso on line


tiro de Pedro Correia
tiro único | gosto pois!

De SAPO a 24 de Janeiro de 2013 às 10:45
Está a custar engolir! É maior que um elefante! Imagine-se que o governo conseguiu voltar aos mercados antes do previsto! E parece que também conseguiu atingir a meta dos 5% de deficit em 2012! Contra todas as previsões, contra todos os políticos de esquerda, contra todos os comentadores e economistas! E parece que o governo não pediu mais tempo para atingir as metas previstas em termos de equilíbrio das contas públicas, apenas pediu um reescalonamento da dívida a pagar em anos futuros, equilibrando as quantias a pagar em 2014 e seguintes, o que faz todo o sentido. Lembro-me que as dívidas contraídas com as PPP começam a doer no ano que vem. E essas dívidas foram contraídas principalmente por Sócrates. Mas disso não é bom falar. Teremos que pagar mais por isso? Talvez não, dependendo da capacidade de negociação do Gaspar. Uma boa notícia para o governo, uma péssima notícia para a propaganda da esquerda, PS incluído. O sapo continuará com as perninhas de fora por mais algum tempo.


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds