Domingo, 27 de Janeiro de 2013
por Pedro Correia

«Havemos de pôr na rua estes bandidos que estão a destruir Portugal.»

Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof, ontem, em Lisboa


tiro de Pedro Correia
tiro único | comentar | gosto pois!

8 comentários:
De Pedro G. a 28 de Janeiro de 2013 às 01:03
E no Sábado, quando lhe perguntaram se estava a fazer uma ligação entre o acidente na A1 e a manifestação dos professores, ele respondeu que achava que não, porque o governo não tem sequer dinheiro para comprar um camião cheio de suínos e fazê-lo ter um acidente... Por mim era tribunal com ele por estas declarações torpes!


De Pedro Correia a 28 de Janeiro de 2013 às 16:38
Frase digna de chiqueiro.


De Ajom Moguro a 28 de Janeiro de 2013 às 08:55
Olhe se eles mandassem cá no sítio!? Aquilo foi uma manifestação de professores ou um comício do partido? Camaradas de um, colegas do outro, ou aviada remessa de carne para canhão? Quem se sujeita a tal canga e se deixa utilizar de modo tão soez, não tem nada para aprender e muito menos alguma coisa que possa ensinar.


De Pedro Correia a 28 de Janeiro de 2013 às 16:39
Interrogo-me se Arménio Carlos - o principal orador do comício no Rossio - também será docente.


De Inês Tavares a 28 de Janeiro de 2013 às 11:40
A campanha de ódio tão característica dos republicanos, socialistas e laicos também é característica do PCP. Todos os que são diferentes são achincalhados soezmente.

A culpa é de quem não leu os ideólogos e não tem a noção de como se defender, porque nem imagina que essa táctica, a das peixeiras aos gritos na praça, funciona para uma população que não foi ensinada a funcionar com os neurónios.


De Pedro Correia a 28 de Janeiro de 2013 às 16:40
Nada menos instrutivo do que a expressão do ódio primário contido em frases como esta.


De Floriano Mongo a 28 de Janeiro de 2013 às 15:25

ELES GARANTEM


«««Havemos de pôr na rua estes bandidos que estão a destruir Portugal.»»»




Mário Nogueira, esquerdopata por natureza e sectário por vocação, afirmando que de destruição ele e o seu partido entendem, por isso Portugal não precisa da troika e muito menos de pagar as dívidas, pois os 5% do PCP estão aí para garantir.


De Pedro Correia a 28 de Janeiro de 2013 às 16:41
Ainda bem que MN não dá aulas há muitos anos. Interrogo-me sobre o nível de qualidade do ensino ministrado por um professor capaz de gritar frases deste género.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds