Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2013
por João Villalobos

João Gonçalves pode falar de Bento XVI com a propriedade de o ter feito desde o primeiro minuto. A favor de muitos e contra outros tantos. Lembrar o seu fio de prumo entre as suas tergiversações é reconhecer-lhe coerência onde ela mais tem razões para existir. 
Não sou, hoje, católico por uma variada ordem de razões. Mas para entender Deus (ou o que Lhe queiramos chamar) há que partilhar uma raíz de entendimento. Ter fé (essa palavra hoje quase proibida). Acreditar que a vida começa antes do Eu e do Nós biológico. E que, esse Algo que começa no Antes, é o Agora e o que Será.


tiro de João Villalobos
tiro único | comentar | gosto pois!

1 comentário:
De Fernando Moreira de Sá a 12 de Fevereiro de 2013 às 22:43
João, tu não entendes Deus? Olha, eu, por vezes, também não o entendo. É que o Rodrigo é mesmo assim.

:)))))


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds