Domingo, 24 de Fevereiro de 2013
por Dita Dura

Na noite dos Óscares, deixo aqui as minhas escolhas pessoais. Tendo visto todos os filmes, com excepção do melhor filme estrangeiro e de animação, observo que este foi um ano de grandes produções em películas de mais de duas horas. Django Unchained é puro entretenimento, numa mistura de western spaghetti com Kill Bill; Lincoln é uma lição de história americana para quem tiver paciência; Argo é espionagem e acção num filme intermitente; Zero Dark Thirty é a desilusão do ano; Les Misérables é a supresa de vermos o Hugh Jackman e o Russel Crowe a cantarem; Silver Linigs Playbook é um argumento modesto com interpretações geniais; Life of Pi é a produção espectacular e fiel ao livro; Amour é o orgulho europeu sobre um tema polémico; e Beasts of the Southern Wild o ressurgimento do neo-realismo num filme surpreendente.

 

 

Melhor Filme: "Django Unchained"

 

Melhor Realizador: Ang Lee por "Life of Pi"

 

Melhor Ator Principal: Bradley Cooper em "Silver Linings Playbook"

 

Melhor Atriz Principal: Quvenzhané Wallis em "Beasts of the Southern Wild"

 

Melhor Ator Secundário: Robert De Niro em "Silver Linings Playbook"

 

Melhor Atriz Secundária: Anne Hathaway em "Les Misérables"

 

Melhor Argumento Original: Django Unchained

 

Melhor Argumento Adaptado: Beasts of the Southern Wild


tiro de Dita Dura
tiro único | comentar | gosto pois!

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds