Quinta-feira, 14 de Março de 2013
por Diogo Agostinho

Ora muito bem. Aí está um Manifesto com ideias. E são bem-vindas. Os Manifestos de intenções e sonhos utópicas têm enchido páginas de jornais, e servido para muito pouco.

 

Este novo Manifesto vem acrescentar ideias.

 

Ora eu deixo mais uma. Todos os ministros de um Governo deveriam sair do Parlamento. Ou seja, legitimidade do voto popular para quem governa. 


tiro de Diogo Agostinho
tiro único | comentar | gosto pois!

2 comentários:
De Ajom Moguro a 14 de Março de 2013 às 16:51
Para mudar um regime que tem dado uma assembleia da república e sucessivos governos que nos impingem gente que não conhecemos de lado nenhum, estou completamente de acordo. Aderência total a um movimento que exige uma democracia sem sofismas, acabando com o rapto manhoso em proveito próprio que os comandos partidários lhe fizeram, e que é urgente libertar para uso e fruto da sociedade. Não sou virgem no tema, que já escrevi aqui sobre o que deve ser uma exigência da sociedade para retirar o exclusivo da participação e representação política aos partidos da nossa praça. Não me lembro de alguma vez ter visto um movimento que não reclama o derrube de um governo, mas apenas o de um sistema entrincheirado que os cria e protege. Como alguém disse, desconfiai dos que se apresentam para derrubar governantes mas nunca falam em refrescar o ventre viciado que os vai parindo. Nem contra nem indiferente, sou activamente a favor.


De Joao a 14 de Março de 2013 às 22:28
Eu deixo outra: que a abstenção seja representada por cadeiras vazias no Parlamento.


comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds