Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011
por jfd

Acreditar num orçamento de uma bravura jamais vista é também acreditar que Portugal mostrará o seu melhor comportamento no difícil ano que se avizinha. Ruídos do costume à parte, cabe a cada português responsável e consequente perceber que realmente é o fim da linha de uma vida desregrada e desafogada. É o duro constatar de uma realidade há muito empurrada pela barriga com a conivência do silêncio de quem agora pede explicações devidas há décadas, a quem governa há quatro meses.
Faz três anos que no meu mestrado recebemos mais um colega internacional. O Hashi da Mongólia. Não me esquecerei de uma das impressões que que ele partilhou – dude I stepped out of the airport and I tough to myself - What a rich country! All taxis are Mercedes!


tiro de jfd
tiro único | comentar | gosto pois!

9 comentários:
De O blog que faltava a 19 de Outubro de 2011 às 12:11
Eheheh muito bom :)


De ... a 19 de Outubro de 2011 às 12:49
Disparate!

Primeiro, quantos deles são Mercedes em segunda mão?

Depois, o custo por milhão de quilómetros (!!!) é muitíssimo inferior ao de qualquer outra viatura...


De k. a 19 de Outubro de 2011 às 14:36
Faça-se os sacrificios que se fizerem, sem uma solução ao nível Europeu, será tudo em vão.

Assim como a crise teve uma génese global.


Começar por negar isto, é meio caminho andando para não encontrar soluções.


De luis eme a 19 de Outubro de 2011 às 15:12
se tivessemos taxis de marca Ferrari, Porshe ou Rolls-Roice, percebia-se o espanto, agora Mercedes?

esse tiro foi bem ao lado. tem de treinar mais com garrafas. :)


De natalia santos a 19 de Outubro de 2011 às 16:09
Alguém explica a este senhor porque é que desde há muito tempo que os táxis são Mercedes e já agora porque é que os dos japoneses não são ( penso eu) ?
Obrigada.


De k. a 19 de Outubro de 2011 às 16:22
..e um mercedes 140D nem é bem um mercedes, é mais aparentado com uma chaimite!


De jfd a 19 de Outubro de 2011 às 16:23
Talvez a senhora Natalia Santos me faça o favor de explicar. Pena que já não vá a tempo de acalmar o espanto do Hashi...


De natalia santos a 19 de Outubro de 2011 às 16:32
O comentário sobre o modelo 140 D diz-lhe tudo.

Já agora, só para eu sossegar, o senhor é muito novo, não é ? e/ou não tem vivido em Portugal ?

( quanto ao japonês, vamos tirá-lo da história, ok? Obrigada


De jfd a 19 de Outubro de 2011 às 16:42
Bem...
A Mongólia não é o Japão. Nem o Hashi japonês.
Quanto ao resto, fique com estes dois sites, pode ser que se lhe desperte a vontade de visitar e entender melhor ;

http://www.mongoliatourism.gov.mn/
http://www.pmis.gov.mn/pmis_eng/index.php




comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds