Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011
por Fernando Moreira de Sá

Se mesmo eu, que apoio e acredito neste Governo, acredito na boa-fé e nas capacidades deste Primeiro-ministro e tenho consciência que estamos no meio do furacão, vejo este vídeo e fico a pensar, o que acontece com os outros?

 

Aquilo que o anterior Governo e outros antes dele fizeram não consigo, sinceramente, perdoar. Da mesma forma que não consigo perceber como foi e é possível manter o silêncio perante a nossa banca, perante todos aqueles que, ao longo destes anos, lideraram as inúmeras empresas públicas e conseguiram gerir de forma....vou procurar escolher bem as palavras para não ser insultuoso...desastrada. Como foi possível ao Banco de Portugal não ter visto, não se ter apercebido do que se passava no BPN, no BPP ou, já muitos não se recordam, no BCP? São tantas, tantas tropelias que uma pessoa nem consegue recordar todas. E os decisores políticos das famosas e descabeladas parcerias público-privadas? Os das SCUT?

 

Ontem ouvi o João Cravinho e pensei: que grande lata depois de todo o mal que fez. Hoje ouvi o actual Presidente da República e pensei: uns e outros com toda a lata do mundo. Foi a geração que nos desgraçou e ainda procuram dar lições de moral. O que é isto? Agora, ao final da tarde, recebo este vídeo e fico a pensar. Fico a pensar que este tipo de coisas é o rastilho.

 

É preciso parar, escutar, olhar e pensar...se não vale mesmo a pena, a este Governo, apanhado no meio do furacão, sem medo, começar a contar toda a verdade. A verdade de todos os buracos que encontrou, da real situação de bancarrota e quem nos levou por este caminho e como. Eu sei que vai doer, mesmo dentro da família política do actual executivo. Porém, em nome dos sacrifícios que TODOS vamos ter de fazer, é hora de contar toda a verdade.

 


tiro de Fernando Moreira de Sá
tiro único | comentar | gosto pois!

8 comentários:
De inês tavares a 19 de Outubro de 2011 às 21:31
Pois!
É só ver a história de onde vinha o dinheiro das malas do Preto e para o que servia...

A tradução está dentro do espírito do que o orador quer dizer, mas não é EXACTAMENTE o que ele diz...


De Barata a 19 de Outubro de 2011 às 22:32
Gostei do ar da malta a ouvi-lo. Também gostei da menção ao Cravinho e seria interessante que apesar do mal ou bem que ele fez, não vou entrar em avaliações, que nos lembrássemos do que ele disse na semana antes de ser corrido do Governo...

Gosto do gesto de boa vontade neste governo para que conte toda a verdade, mas sejamos realistas: fá-lo-ão?


De Virginia Filipe a 20 de Outubro de 2011 às 08:20
Parabens está muito bom, é preciso ter atenção o povo está cansado, isto não vai correr bem, estamos todos a ficar asfixiados.


De maria amélia a 20 de Outubro de 2011 às 10:20
Concordo Sr. F. M. S. e eu próprio já tinha feito esse juízo. O segundo parágrafo diz justamente o que penso há muitíssimo tempo, desde a célebre audição de V. Constâncio na AR, em que mais parecia que os negligentes e incompetentes eram os outros. A geração que refere, roça a minha, e não tem ética para nos dar lições de moral. A responsabilidade passa muito por eles e não digo todos porque alguns também prevaricaram ao adquirirem casas ou férias sem dinheiro, por exemplo. O vídeo deixou-me apreensiva e incrédula. Será mesmo assim? Quem vai tomar as rédeas? Também acho que a verdade deve ser dita. O trajecto que nos levou a esta situação de bancarrota, e os seus responsáveis devem ser do conhecimento de quem paga zelosamente os seus impostos.


De Ricardo Perna a 20 de Outubro de 2011 às 10:46
Não é hora, "seria" hora de contar toda a verdade, se houvesse tomates, perdoem-me a expressão, para o fazer. No entanto, pelo enrolado das explicações que têm sido dadas até agora... não me parece, não me parece mesmo que tal vá acontecer.

Os segredos vão continuar, porque quem sofre com tudo isto não conhece esses segredos nem faz parte deles. Por isso, está tudo feito uns com os outros para se guardarem segredos. É que daqui a uns tempos voltam os outros para o poder, seguindo a lógica de rotação que temos, e é preciso guardar os segredos que esses, eventualmente, poderão encontrar também...


De Fernando Moreira de Sá a 20 de Outubro de 2011 às 11:45
Obrigado a todos pelos comentários.


De Ricardo Santos Pinto a 20 de Outubro de 2011 às 14:35
Sacrifícios de TODOS não. Não vejo a Banca a fazer sacrifícios.


De oberon a 20 de Outubro de 2011 às 23:07
Agora admito que fiquei confuso... então agora a culpa é dos mercados (que extraem triliões)? e dos políticos 'comprados' precisamente pelos 'mercados'?

Não é a iniciativa privada que devia tomar conta disto? Afinal são corruptos?



comentar tiro

Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds