Quarta-feira, 14 de Março de 2012
por Francisco Castelo Branco

Ao contrário daquilo que se esperava, Rick Santorum conseguiu ontem uma dupla vitória nos Estados do Alabama e do Mississipi. Com este resultado, as eleições primárias republicanas ficam ainda mais emocionantes e com resultado incerto. Mitt Romney conseguiu apenas o voto dos surfistas no Hawaii. Facto que não foi suficiente para ofuscar a brilhante vitória de Santorum.

Esta é a terceira vitória de Santorum no espaço de quatro dias, porque no sábado havia vencido de forma categórica no Estado do Kansas. Isto depois de uma Super Terça-Feira em que foi claramente derrotado por Romney.

Mitt Romney, além de ter perdido os Estados mais importantes da noite, não conseguiu o segundo lugar. Este é um facto preocupante para o ex-governador do Massachussetts. Porque é bem possível que os dois candidatos que estão fora da corrida para o primeiro lugar tenham um acordo secreto com Santorum.

A emoção das primárias republicanas continua já no dia 20 ainda com muito por decidir.

tags:

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!

Quinta-feira, 8 de Março de 2012
por Francisco Castelo Branco

Mitt Romney foi o grande vencedor da Super Terça-Feira com a conquista de seis Estados: Idaho, Vermont, Virginia, Alaska, Massachussetts e o mais importante da noite Ohio. Rick Santorum conquistou três mas conseguiu lutar taco a taco com Romney no Ohio. No entanto, as vitórias no North Dakota, Tennesse e Oklahoma deixam-no a mais de 239 delegados de Romney, que já ultrapassou a barreira dos 400.

A decisão destas eleições esteve no Estado do Ohio. O futuro de Santorum nesta corrida jogou-se muito ali.

Com a derrota no Ohio, Santorum tem agora uma missão dificil pela frente enquanto Romney encarará as restantes eleições com um enorme à-vontade, pois sabe que tem tudo a seu favor.

As eleições desde o início têm sido pautadas por este entusiasmo à volta de Santorum depois das suas vitórias no Minnesota, Colorado e Missouri, tendo sido nessa altura que muitos pensaram que a corrida republicana ia ser equilibrada, só que Mitt Romney mostrou que é melhor, tem mais meios e é sobejamente mais conhecido e experiente.

Santorum afirmou que tem feito coisas extraordinárias com poucos recursos. Concordo em parte, embora a sua campanha esteja a ser muito fraca. Agora resta-lhe conseguir uma boa votação para Romney o escolher para candidato a vice-presidente.


tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | ver comentários (6) | gosto pois!

Terça-feira, 6 de Março de 2012
por Francisco Castelo Branco

E eis que após três meses de eleições chega o dia mais importante para as eleições norte-americanas. Na tradicional Super Tuesday de hoje estão em jogo dez Estados. A saber : Alaska, Georgia, Idaho, Massachussets, North Dakota, Ohio, Oklahoma, Tennesse, Vermont e Virginia.

Não que hoje se decida muita coisa mas é sempre emocionante para quem gosta de noites eleitorais.

Com uma vantagem confortável, Mitt Romney irá ser provavelmente o grande vencedor da noite mesmo que não consiga os 437 delegados que estão em jogo.

O Estado do Ohio é o mais importante de hoje, sendo que neste caso a luta entre Romney e Rick Santorum vai ser até ao fim.

Em relação aos outros dois candidatos pouco há a dizer. Newt Gingrich prometeu muito mas hoje só deverá vencer o Estado da Georgia e Ron Paul continuará a ser o elo mais fraco desta corrida. 

No fim da noite Paul e Gingrich deverão colocar um ponto final na campanha. Se apoiam ou não Santorum, depende do resultado de Rick. Há quem afirme que já hoje Mitt Romney deverá ter a nomeação "quase" garantida.


tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Quinta-feira, 1 de Março de 2012
por Francisco Castelo Branco

Com a dupla vitória na terça feira passada nas primárias do Arizona e do Michigan (local onde nasceu), Mitt Romney conseguiu uma vantagem importante sobre o segundo classificado, Rick Santorum. Apesar de algumas sondagens indicarem um empate técnico, Romney acabou por levar a melhor e aumentar o número de delegados. Neste momento, a soma dos delegados de Santorum, Gingrich e Paul não dão para o ex-governador Massachussets sequer temer uma reviravolta.

Sábado realizam-se as primárias de Washington e dia 6 é a importante noite eleitoral, a famosa Super Terça Feira que já falámos aqui. Considero que a noite da próxima Terça só teria emoção caso Santorum tivesse ganho Arizona e Michigan. Como isso nem sequer teve perto de acontecer, e perante a possibilidade de Romney arrecadar a maioria dos delegados é possível que a unica saída para Santorum é "tentar" ganhar o lugar de vice-presidente do candidato nomeado pelo Partido Republicano.

Quanto a Gingrich ou Paul poderiam ter um papel importante na ajuda a Santorum, mas devem ficar pelo caminho já no próximo dia 6. Uma ultima nota para Newt Gingrich. Não se percebe como venceu um Estado importante como a Carolina do Sul. A partir desse momento, foi sempre a cair.....


tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

por jfd

Morreu um blogger conservador controverso e completamente averso aos média dominantes nos EUA.

Fez sua missão lutar contra o que considerava ser o status-quo liberal dominante nas televisões e jornais americanos. Canalizou a sua energia para o seu império virtual. Foi um jornalista na Internet. Considere-se ou não, foi um player. E fica o seu legado.


tiro de jfd
tiro único | comentar | gosto pois!

Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

Falta apenas uma semana para a grande noite eleitoral norte-americana, mas hoje disputam-se duas primárias importantes: Arizona e Michigan. No sábado é a capital, Washington, que irá a votos. E depois, dia 6, temos a Super Terça-Feira.

Para hoje, os dados apontam para um equilíbrio entre Mitt Romney e Rick Santorum. Os dois estão muito próximos, mas com vantagem para o ex-governador do Massachussets. Também nesta corrida é importante salientar que Santorum está à frente nas sondagens do Ohio. Este Estado é o "rei" da Super Terça-Feira.

Perante esta situação, é bem possível que a corrida se resuma a dois, já que Ron Paul não conseguiu uma única vitória e apenas durará só mais uma semana e Newt Gingrich, apesar da importante vitória na Carolina do Sul, não mais voltou a vencer. Daí para cá só obteve resultados desastrosos. Não sabemos qual o caminho que irá tomar após o dia 6 de Março mas caso Santorum consiga vencer em número de delegados de hoje a uma semana, podemos assistir a um acordo Santorum-Gingrich.

Por agora é esperar pelos resultados de logo à noite com a certeza de que Rick Santorum tem ganho credibilidade junto do eleitorado. A vitória tripla nos Estados do Missouri, Colorado e Minnesota veio dar um novo impulso à sua candidatura.


tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

As eleições norte-americanas irão conhecer um importante momento no dia 6 de Março, aquando da famosa Super Terça-Feira.

Antes dessa data, os candidatos ainda têm de enfrentar as primárias do Arizona, Michigan e Washington. Aproveitando a enorme pausa desde a ultima votação até dia 28, Romney, Santorum, Gingrich e Paul têm percorrido o país, até porque depois de 6 de Março a maratona eleitoral vai ser maior com votações atrás de votações num curto espaço de tempo.

Neste momento Romney lidera com 127 delegados, Gingrich tem 38 e Santorum 37. Ron Paul segue em último com 27 e nenhuma eleição ganha. Romney tem 90 delegados de vantagem sobre Gingrich, que apenas ganhou na Carolina do Sul. É verdade que nas próximas três semanas vamos ter inúmeras votações, mas a maior ameaça à vantagem de Romney é mesmo Santorum que já arrecadou quatro Estados.

Até ao momento Romney assume-se como a maior alternativa a Barack Obama na Casa Branca. Newt Gingrich tem revelado pouco conhecimento mas também feito uma campanha negativa. Já Rick Santorum tem-se revelado uma boa surpresa ao vencer numa noite só os Estados do Minnesota, Missouri e Colorado, além de ter vencido o Iowa. Pena é que não tenha conseguido muitos segundos lugares, o que lhe daria um maior número de delegados, certamente.

A votação na Super Terça-Feira irá determinar a desistência de um dos adversários de Romney, e não falo de Ron Paul porque este já quase que não conta. Santorum e Gingrich não concorrem só para ganhar mas também para saber quem ficará numa melhor posição para lutar contra Romney até final. E, inevitavelmente, depois da noite eleitoral um deles terá que apoiar o outro.


tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

Hoje iremos assistir a uma primária e a dois caucus nas eleições republicanas para a Casa Branca. Colorado, Minnesota e Missouri são os Estados que se seguem na corrida eleitoral.

Romney venceu no Nevada e falta-lhe um delegado para chegar aos 100, o que deve acontecer esta noite.  Em segundo está Newt Gingrich com apenas 33. O surpreendente Santorum queda-se pelo último lugar, ele que prometia tanto após a vitória no Iowa. Ron Paul, que ainda não ganhou nenhum Estado, tem 15 delegados - mais 4 do que Rick.

No que toca às previsões para hoje, Romney tem vantagem no Colorado e está com possibilidades de vencer no Minnesota e no Missouri, pelo que é quase certo que aumentará a vantagem sobre Gingrich, que tem algumas hipóteses de vitória no Missouri.

Santorum pode conquistar a sua segunda vitória no Minnesota e ultrapassar Ron Paul.

Ao contrário das noites anteriores, hoje haverá incerteza e emoção até bem perto do nascer do sol em Portugal.

tags:

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

Mitt Romney foi o grande vencedor da noite eleitoral de ontem. A vitória nas primárias da Flórida (um Estado muito importante) permitiu distanciar-se do segundo classificado, com 66 delegados contra 25 de Gingrich. A derrota de Gingrich deve-se essencialmente à popularidade de Romney mas não só. Nos ultimos dias a campanha de Newt tem sido marcado pela negativa com ataques pessoais.

Apesar de só estarmos na quarta eleição, e ainda faltarem 1078 delegados a Romney para conseguir a nomeaçã,o é certo que continua a ser o principal e único favorito. Arriscaria dizê-lo, até porque Santorum e Paul, se continuarem nesta troca de terceiro e quarto lugar, podem muito bem vir a desistir já neste mês de Fevereiro. A desistência de qualquer deles será sempre a favor de Romney e nunca de Gingrich.

No dia 6 de Março é a famosa Super Tuesday. Nessa altura poderemos ter o candidato nomeado à Casa Branca pelos republicanos, até porque quanto mais cedo o candidato for nomeado mais tempo tem de fazer oposição a Barack Obama.

Segue-se no sábado o caucus do Nevada, onde Santorum e Paul apostam tudo para ganhar. Recorde-se que Santorum ganhou o primeiro caucus do Iowa por uma margem minima de votos. Quanto a Ron Paul, ainda estamos à espera da primeira vitória.


tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | ver comentários (5) | gosto pois!

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

Como se previa, as primárias da Carolina do Sul foram importantes para manter o interesse no que ainda temos de corrida republicana à Casa Branca.

A vitória de Newt Gringrich vem relançar a campanha, que está agora reduzida a dois fortes candidatos, com Rick Santorum num terceiro lugar à espreita de um bom resultado. Ron Paul parece ter perdido o comboio da frente mas a sua desistência poderá beneficiar Romney ou Gringrich mais lá para a frente.

Hoje Barack Obama vai fazer o discurso do Estado da União, que será virado para o balanço dos quatro anos e apontará já para as eleições de Novembro.

Será um momento importante para aferir das hipoteses de Romney e Gringrich no combate com Obama. As agências de sondagens estarão mortas por saber qual o impacto que o discurso de Obama terá nos americanos e na luta para a reeleição.

Também será relevante a forma como os candidatos responderão ao discurso. Aí joga-se muita da credibilidade dos republicanos.

Sem dúvida alguma a vitória de Gringrich relançou a campanha que neste momento tem dois pesos pesados e um peso médio. Santorum também poderá ter um papel influente num possível apoio a um dos dois mais fortes.

Mas agora vêm aí as eleições na my sweet Florida!

tags:

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Sábado, 21 de Janeiro de 2012
por Fernando Moreira de Sá

 

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cometeu erros durante este seu primeiro mandato? Cometeu.

Obama falhou a algumas das suas promessas? Falhou.

A esperança que tantos milhões de americanos, e centenas de milhões por todo o planeta, nele depositaram ficou um pouco abalada nestes anos de presidência? Certamente.

 

Barack Obama não veio directamente do Olimpo, é um comum mortal, um homem e, como tal, um ser imperfeito. O seu capital de esperança, a mudança que ele significou pode ter hoje um significado um pouco menor, pode. Admito. Mas, Obama é mesmo especial. Não o digo apenas por aquilo que se pode ver na fotografia que ilustra este post. Mas também.

Obama é mais do que "O Presidente dos EUA". É muito mais do que isso. É por isso que vai ser reeleito. É por isso, tal como Lula, que vai deixar saudade em todos os Homens de boa vontade. 

 

E isso vê-se, sente-se nestes pequenos gestos. Detalhes, dirão alguns. Pois. O Diabo está nos detalhes? O verdadeiro ser humano, também.

tags: ,

tiro de Fernando Moreira de Sá
tiro único | comentar | ver comentários (5) | gosto pois!

Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

John Huntsman vai desistir da corrida republicana à Casa Branca e anunciará o seu apoio a Mitt Romney. Esta é a consequência do mau resultado das primárias do New Hampshire, depois de ter apostado tudo neste Estado ao ponto de não ter feito campanha no Iowa.

Depois de Michelle Bachman, Huntsman é o segundo que desiste nesta corrida presidencial, o que significa maior possibilidade de Romney vir a ser o eleito já nos próximos dois meses. Valha a verdade que o ex governador do Massachussets só tem mesmo de se preocupar com Ron Paul.

As primárias de sábado na Carolina do Sul podem determinar a vitória de Romney e um fosso maior para os demais candidatos. Pelo menos, para aqueles que ainda restam.

 

tags:

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Domingo, 15 de Janeiro de 2012
por Pedro Correia

 

Não há paz sem liberdade. E não há liberdade sem esperança. Um político de excepção vislumbra motivos de esperança mesmo entres os clarins da guerra. Um desses políticos foi Abraham Lincoln, autor da mais memorável mensagem de esperança, proferida em plena Guerra Civil norte-americana, a 19 de Novembro de 1863.

Foi o chamado Discurso de Gettysburg: demorou apenas cerca de três minutos. Três parágrafos, 255 palavras - não era necessária nenhuma mais. As forças da União haviam ali derrotado quatro meses antes o insurgente exército confederado do Sul que se batia contra a abolição do esclavagismo, cortando amarras com a política humanista do Norte. Mas Lincoln, embora galvanizado por essa vitória militar recente, pôs de lado a retórica triunfalista e deixou no cemitério local um apelo digno de um estadista: "Compete-nos a nós, os sobreviventes, garantir que aqueles que caíram no campo de batalha não morreram em vão e que nesta nação, sob os auspícios de Deus, renasça a liberdade - e que o governo do povo, pelo povo e para o povo não desapareça da face da Terra."

Cem anos mais tarde, este discurso teria sequência num outro, proferido junto ao Memorial Lincoln, em Washington, por Martin Luther King. "Tenho o sonho de que um dia esta nação se erguerá e viverá o significado autêntico do seu credo -- termos por verdade evidente que todos os homens foram criados iguais. Tenho um sonho -- o sonho de que um dia, nas rubras colinas da Geórgia, os filhos dos antigos escravos e os filhos dos antigos donos de escravos se sentarão juntos à mesa da fraternidade", declarou o reverendo justamente distinguido em 1964 com o Prémio Nobel da Paz.

No tempo de Abraham Lincoln ainda não havia Nobel da Paz. Mas ele tê-lo-ia merecido, mais do que todos os presidentes americanos que viriam a ser galardoados no século e meio seguinte -- de Theodore Roosevelt a Barack Obama. Pela força inspiradora do seu exemplo. Pela eloquência dos seus vibrantes apelos em defesa da dignidade humana. Pela tenacidade e pela coragem de que deu provas no cumprimento de um ideal: nenhum ser humano merece ser condenado à escravatura. Um ideal que lhe custou a vida: Lincoln viria a ser assassinado em 1865. Mas o seu apelo de Gettysburg ainda hoje ecoa -- nos Estados Unidos e no mundo.

Publicado também aqui

Imagem: Martin Luther King no Memorial de Lincoln, em Washington (1963)


tiro de Pedro Correia
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!

Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

Mitt Romney venceu as primárias do New Hampshire com uma folga muito confortável sobre o segundo classificado que havia sido terceiro no caucus do Iowa.

Como o segundo classificado na primeira eleição ficou abaixo do esperado, Romney tem uma vantagem considerável e importante para continuar a merecer a confiança dos seus eleitores mas também das sondagens.

Apesar do favoritismo Romney não tem a eleição na mão, ao contrário do que se especula.

A procissão ainda vai no adro e o "show-off" que Romney tem apresentado e patenteado nas campanhas pode virar-se contra si. Isto porque, no que toca a propostas, resume-se a zero ou quase nada.

As primárias do dia 21 na Carolina do Sul vão decidir muito do futuro desta campanha, até porque Ron Paul é considerado o favorito e é certo que um dos candidatos pode desistir perante um mau resultado.

E a seguir vem a Flórida.

tags:

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012
por Francisco Castelo Branco

Ontem iniciaram-se as eleições republicanas para escolher o candidato que vai defrontar Obama em Novembro.

O caucus do Iowa é um verdadeiro hino à democracia onde os candidatos podem no próprio dia da eleição apelar ao voto. Foi assim que aconteceu com Bachmann, Gringrich e Ron Paul, que nos vários pontos de eleição do Estado do Iowa ainda tentaram ganhar alguns votos.

Foi uma tentativa em vão, visto que os dois primeiros tiveram resultados muito fracos. Já Ron Paul no início ainda estava à frente de Romney e Santorum mas caiu vertiginosamente.

Romney e Santorum disputaram até ao último voto a primeira vitória. Ganhou o  primeiro por apenas 8 votos, mas não se pode dizer que Santorum tenha perdido. Esta foi uma derrota com sabor a vitória visto que "passou" Ron Paul e Gringrich que eram apontados como os mais fortes opositores de Romney.

Vai ser interessante analisar o caminho que Santorum irá trilhar depois deste resultado. Terá certamente mais cobertura mediática, o que numa eleição norte-americana é sempre preciso. Também não irão faltar apoios para a sua campanha.

Depois de ter ganho ontem, Mitt Romney pode ter o caminho mais facilitado tendo em conta as últimas sondagens. Tem a vitória praticamente garantida no New Hampshire, embora tenha vida complicada na Carolina do Sul.

Não me parece que Romney seja capaz de derrotar Obama em Novembro nem sequer de ter um resultado melhor que John Mccain.

Estas sucessivas tentativas de ganhar eleições têm um factor negativo: desgastam a imagem de um politico. Já é a segunda vez que Romney tenta concorrer à Casa Branca, sendo certo que se perder em Novembro ficará com a sua carreira política arrumada.

 

tags:

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | gosto pois!

Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011
por Francisco Castelo Branco

Hoje os soldados americanos guardaram a última bandeira que representava a ocupação norte-americana em Bagdad. Já Barack Obama tinha ido ao Iraque para confirmar a promessa que havia feito aquando da tomada de posse: acabar com a presença dos EUA em território iraquiano.

Volvidos nove anos da guerra iniciada por W. Bush, é importante fazer aquela pergunta que está no título, até porque em 2011 temos assistido a uma revolta no mundo árabe.

Ninguém tem uma bola de cristal, mas será que os regimes políticos ditatoriais não acabam sempre por cair? É o que a história nos tem ensinado e provado. Assim, é importante reflectir se não faria bem a W. Bush ter esperado e deixado nas mãos da população a iniciativa de derrubar o então ditador Saddam Hussein. Se Kadafi morreu às mãos do seu próprio povo, Saddam também não conseguiria resistir a uma revolta popular.

É crucial que se faça esta leitura porque morreram 4500 soldados americanos, fora os iraquianos que perderam a vida na guerra sem saber porquê.

Desta guerra e daquilo que o mundo árabe está a viver neste virar de década convém que se retire esta lição: a força de uma população é bem mais temida e eficaz que o recurso às armas.

Até porque o objectivo principal da invasão do Iraque em 2003 era derrubar Saddam Hussein e não propriamente acabar com as armas de destruição massiva que nunca foram encontradas.

 

tags: , ,

tiro de Francisco Castelo Branco
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011
por Pedro Correia

 

«O lapso de Rick Perry é o momento mais devastador de qualquer debate nas primárias modernas»

tags:

tiro de Pedro Correia
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Domingo, 11 de Setembro de 2011
por Fernando Moreira de Sá

Já passou uma década e parece que foi ontem. Existe um imperativo moral de não esquecer. Por mim, de não perdoar. Não perdoar, nunca, o assassinato de inocentes em nome da religião. Não perdoar nunca a dupla tragédia: os atentados terroristas e os erros criminosos subsequentes de uma administração Bush. O mundo nunca mais foi e nunca mais será o mesmo.


tiro de Fernando Moreira de Sá
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!


Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds