Quinta-feira, 24 de Maio de 2012
por José Meireles Graça

Ontem, tinha que apanhar o autocarro da Ryanair em Pedras Rubras, para ir visitar um cliente na região de Paris.

À chegada ao aeroporto, quem inadvertidamente siga a indicação "Partidas" é obrigado, se pretender deixar o carro aparcado, a voltar a descer no fim do percurso para aceder ao Parque.

Imediatamente antes da primeira entrada no Parque, decorria uma operação "stop". Signifiquei ao agente que fazer uma operação "stop" naquele local era um absurdo porque podia implicar perdas de voos.

O jovem militar em questão, com um sorriso trocista, esclareceu que cumpria ordens e que, se pretendia reclamar, o deveria fazer junto do Comando Metropolitano do Porto; após o que quis ver o triângulo, e o documento da IPO, e o do seguro, e onde estava o colete reflector, bem como examinar demoradamente os selos no pára-brisas, sempre sem abandonar o sorriso que as amigas lhe devem achar encantador.

Não perdi, por pouco, o voo - ia com tempo para imponderáveis. E o encontro com o cliente correu bem, obrigado.

O regresso, hoje, não foi inteiramente normal - uma seca no pequeno Aeroporto de Beauvais. Mas, quando liguei o computador, tinha o seguinte e-mail:


"A Ryanair lamenta que tenha sido obrigada a remarcar o horário do seu voo devido à greve dos Controladores Aéreos Portugueses. O aviso desta greve do dia 24 de Maio de 2012 foi dado tardiamente e está fora do controlo da Ryanair. CLIQUE AQUI PARA ACEITAR ONLINE ESTA ALTERAÇÃO DO VOO: xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Para solicitar um reembolso de todas as verbas pagas clique na hiperligação seguinte e introduza os dados necessários. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Tudo está bem quando acaba bem.


tiro de José Meireles Graça
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!


Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
4 comentários
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds