Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013
por Pedro Correia

 

A fanática brigada antipecado que domina com mão de ferro o Irão - e tem bons amigos em Portugal - sentiu a pulsação muito acelerada ao vislumbrar o generoso decote de Michelle Obama na noite da distribuição dos Óscares. Como se já não lhes bastasse ver Argo - uma longa-metragem que denuncia sem pudores a ditadura islâmica - conquistar o Óscar de melhor filme.

Num país onde as mulheres continuam a ser severamente reprimidas a pretexto da manutenção da pureza islâmica, os censores de serviço não tardaram a obedecer aos ditames dos aiatolás, cobrindo a primeira dama norte-americana com tecido photoshopado, em prol dos bons costumes, como se pode perceber na imagem da direita - a que passou nos televisores de Teerão e arredores.

Mas podia ser pior: escapou ao rigor da teocracia iraniana o pecaminoso cabelo de Michelle, que noutros tempos só por lá surgiria abrigado sob um véu igualmente tecido pela censura.

Fica-me uma pequena dúvida: porque será que os censores se esqueceram também de cobrir com um pudico paninho o próprio Óscar, estatueta de um homem nu?

 

Também aqui


tiro de Pedro Correia
tiro único | comentar | gosto pois!

Segunda-feira, 12 de Março de 2012
por Rodrigo Saraiva

Mário Crespo foi dispensado pelo Expresso, na prática por ter criticado opções editoriais e discordado do próprio jornal onde escrevia, onde fazia opinião. Aguarda-se a todo o momento que a turba de defensores de Pedro Rosa Mendes faça o mesmo por Mário Crespo.


tiro de Rodrigo Saraiva
tiro único | comentar | gosto pois!


Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds