Segunda-feira, 8 de Abril de 2013
por Alexandre Poço

O mundo perdeu hoje um dos grandes vultos da história contemporânea: Margaret Thatcher. A alegria possível num dia triste é ter bem presente o seu legado, a sua forma de ver a política e de pensar as nações. Este artigo do Economist começa da melhor forma possível: Only a handful of peace-time politicians can claim to have changed the world. Margaret Thatcher, who died this morning, was one. A baronesa que afirmava fazer política por convicção e não pela procura do consenso deixa-nos uma ideia de governo muito bem expressa neste parágrafo do mesmo artigo: This is a crucial time to hang on to Margaret Thatcher’s central perception—that for countries to flourish, people need to push back against the advance of the state. What the world needs now is more Thatcherism, not less. Muito mais haveria a dizer sobre o que significou Thatcher no mundo actual, mas esse é trabalho que exige mais tempo e não cabe num post. Para já, fica o meu obrigado. Descanse em paz, Maggie!


tiro de Alexandre Poço
tiro único | comentar | ver comentários (1) | gosto pois!

Terça-feira, 5 de Março de 2013
por Alexandre Poço

No leito de morte, não deve haver hipocrisias, embora o momento exija sempre mais controlo. Desejar a morte? A ninguém. Lamentar? Bem, estamos a falar de uma vida, não é. O que devemos sempre desejar é que não tivesse nascido. Ponderando tudo: a terra livra-se de mais um ditador.


tiro de Alexandre Poço
tiro único | comentar | ver comentários (4) | gosto pois!


Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
4 comentários
1 comentário
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds