Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Forte Apache

pensar e amar Lisboa

Rodrigo Saraiva, 09.11.11

Lisboa é, sem dúvidas, uma cidade fantástica. Mesmo com erros de gestão autárquica, como a mutação urbanística da Avenida da República por Abecassis, é uma cidade com uma magia própria. Das poucas capitais com um rio e junto ao mar. As suas colinas. Enumerar as suas características dava um postestamento.

 

Por isso fico satisfeito por conhecer e dar a conhecer o Pensar Lisboa.

bem hajam

Rodrigo Saraiva, 13.10.11

Premeditado, fermentado e nativo da Cova da Beira, em tempo de castanha mas sempre com o pensamento nas cerejas que brotam pelas encostas da Gardunha, faz hoje 5 anos O-Andarilho.

Autores com uma genética que se aconselha preservar, fica aqui a homenagem, pois 5 anos a postar no mesmo blog é obra.

Notável perspicácia

Pedro Correia, 07.09.11

Faz falta mais sentido de humor e maior argúcia analítica na blogosfera portuguesa. Por isso assinalo com satisfação não só a fina ironia revelada aqui pelo André Salgado nas palavras de saudação que dirige ao Forte Apache mas também a sua reacção a este meu elogio ao PS, no qual ele vislumbra afinal uma apologia do saudável pluralismo interno do PSD contra o monolitismo vigente nas hostes socialistas durante o consulado de José Sócrates.

Notável perspicácia. Merece o meu cumprimento, naturalmente também com sentido de humor.

Obrigado ao PDF

Fernando Moreira de Sá, 07.09.11

O Pedro Dinis Ferreira, PDF para os amigos, teve toda a paciência do mundo para me aturar nesta coisa dos vídeos de lançamento do Forte Apache. O Pedro, PDF, é um jovem que trata por tu estas coisas e sem ele não teria sido possível fazer o "Bom Dia", o "Onde andam eles" e o "Forte Apache - O Blog". Vocês não sabem uma coisa: o Pedro, PDF, fez tudo isto num abrir e fechar de olhos estando a gozar umas merecidas férias.

 

Depois de quase 2000 visualizações só me apetece gritar: Ó Pedro, pá, és o maior!

"My name is John Ford and I make westerns"

Pedro Correia, 06.09.11

 

Porfírio Silva, cujo pensamento político é sempre estimulante, concede: «Não sou pessoa de começar a disparar contra um blogue novo só por causa de peripécias risíveis na sua genealogia.»

Eis-nos sensibilizados perante tanta condescendência. Como prova do nosso apreço por sermos poupados por enquanto ao poder do seu gatilho, prometemos-lhe a oferta de um DVD do Forte Apache, de John Ford, que ele por lapso confunde com «livros de cowboys». Talvez assim deixe de encontrar «razões estéticas» que o afastem «instintivamente» cá de casa. E consiga explicar-nos o significado da expressão «peripécias risíveis na sua genealogia». Ficamos gratos desde já.