Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011
por João Gomes de Almeida


Chegados ao final do ano é sempre bom fazermos uma pequena análise, na medida do possível, do que se passou.

 

Este que foi o ano em que todos perspectivaram o fim dos blogues. Mas pelos vistos ainda cá estamos, os sitemeters continuam a subir e cada vez existem mais blogueres a saltar para os jornais, revistas, televisão e mesmo para a política. Assim está a blogosfera: saudável e recomendável.

 

Na blogosfera, 2011 foi o ano em que:

  • Acordei feliz para um novo ano, em que o Estado Sentido venceu o prémio de "Blogue Revelação do ano 2010" pelo Combate de Blogs da TVI24;
  • Fiquei ainda mais feliz com o nascimento do Forte Apache e do Polaroid, onde escrevo e que agora também estão nomeados para "Blogue Revelação do ano 2011" pelo Combate de Blogs da TVI24;
  • A Catarina Ferreira Pinto esteve perto de ser a primeira portuguesa correspondente da Elle na semana da moda de Nova Iorque, atirando o seu blogue Allure Urbano para a ribalta;
  • A Meios & Publicidade nomeou vários amigos como personalidades importantes a seguir nos blogues e redes sociais. Tais como o nosso Rodrigo Saraiva, o Rui Calafate, o LPM e a Alda Telles;
  • O 31 da armada comemorou 5 anos de actividade em prol de um país melhor;
  • O Instituto da Democracia Portuguesa organizou a primeira das tertúlias "O Cherne da questão", que prometem animar o ano 2012;
  • O Aventar sofreu a injustiça de não ter sido nomeado "Blogue do ano 2011" pelo Combate de Blogs da TVI24;
  • O blogue do Henrique Raposo no Expresso tornou-se um ponto de passagem obrigatório;
  • O Sinusite Crónica não teve as visitas que a qualidade da escrita fazia merecer;
  • O Polaroid fez uma festa de arromba no Frágil, bem mais animada (e bem regada) do que as festas do 31 da armada;
  • As marcas começaram a olhar com novos olhos para os blogueres, principalmente no campo da moda;
  • O Bibliotecário de Babel do José Mário Silva continuou a ser o melhor blogue sobre literatura em Portugal;
  • Os blogues de comunicação afirmaram-se e os blogues de publicidade esmoreceram.
  • Vi-me a disputar um prémio com o meu famoso amigo Chico de Oeiras (que gasta 50 tweets em meia-hora e fica Chico de Olheiras).
  • Os jornais continuaram a olhar com desconfiança para a blogosfera;
  • O Filipe Caetano continuou a ser o porta-voz da blogosfera para a TV;
  • O Pedro Rolo Duarte continuou a ser o porta-voz da blogosfera para a rádio;
  • Muitos blogues continuaram a passar para o papel e a transformarem-se em livros;
  • O Frágil e o Snob continuaram a liderar as preferências noctívagas dos blogueres;
  • Ficámos à espera do regresso do Pedro Lomba e do Pedro Mexia aos blogues e ao twitter;
  • A direita perdeu muito bons blogueres para funções governativas;
  • A esquerda ganhou muito piores blogueres vindos de funções governativas;
  • O CDS continuou praticamente a não ter blogueres no activo;
  • O BE continuou a ter blogueres presunçosos no activo;
  • O Twitter continuou a ser um aliado da blogosfera e não inimigo, como querem fazer passar;
  • O Facebook passou a ser um difusor do conteúdo da blogosfera;
  • A blogosfera em Portugal afirmou-se merecidamente como sinónimo de "Blogs Sapo";
  • Os Blogs Sapo não arranjaram maneira de integrar o Google + e não arranjaram uma App para iOS/Android que torne mais fácil postar nos blogues através do smartphone;
  • A blogosfera continuou a crescer.


tiro de João Gomes de Almeida
tiro único | comentar | ver comentários (2) | gosto pois!

Domingo, 18 de Dezembro de 2011
por Fernando Moreira de Sá

 

O programa "Combate de Blogs" da TVI 24 nomeou o Forte Apache na categoria "Blog Revelação". Estamos, por sinal, em excelente companhia: Artigo58, Contra Mundum, O Blog ou a Vida, Poloroid, Portugal Uncut, Senatus e Unipoppers.

 

Podem votar AQUI


tiro de Fernando Moreira de Sá
tiro único | comentar | gosto pois!


Regimento
outras cavalarias
tiros recentes
tiros mais comentados
2 comentários
cofre
tags
Arregimentados
Subscrever feeds